Viva nossa Confreira ANA-ROSIANA!

Compartilhar com:

ANA-ROSIANA.

João Bosco de Castro.

Existem pessoas raras, felizmente!

Dentre essas raridades humanas, há Pessoas Maiúsculas, acima da condição de homem ou de mulher.

Segundo Baltasar Gracián, o eminente Jesuíta do Barroco Espanhol, autor de ideias monumentais do século XVII, dentre as quais A Arte da Sabedoria [(Oráculo Manual y Arte de Prudencia, no Castelhano de 1648), louvado pela Professora-Doutora Monica Figueiredo, da UFRJ], “… nem todo mundo é uma ‘pessoa’ (persona) de fato. Alguém se torna uma pessoa, e não apenas um homem ou uma mulher, à medida que se esforça para evoluir, aprimorar-se e aperfeiçoar-se.”

Felizmente, entre nós, da Academia de Letras João Guimarães Rosa, da PMMG, fulgura uma dessas Pessoas Maiúsculas, conhecida como Aninha da Academia.

Trata-se da modelar e polivalente Senhora Ana Maria de Matos Nascimento.

Servidora do Clube dos Oficiais, Ana Maria foi passada à disposição de nosso pujante e notável Sodalício de Letras, no início de 2005, e, ao longo desses doze anos, fez e faz tão bem à Academia e ao respectivo Quadro Academial, a ponto de haver transformado seu trabalho profícuo e seus gestos cordiais em símbolo vivo da Casa Rosiana dos Artífices da Paz Social de Minas Gerais.

Disposta, alegre, desenrolada e generosa, Ana Maria guindou-se à categoria de Parceira-Benemérita, em 2008, como reconhecimento de sua oferta expressiva de valiosos Livros ao Acervo da Biblioteca Acadêmico-Fundador Ary Braz Lopes, do referido Areópago. Essa doação preciosa aliou-se à verdadeira e insuperável autodoação de Ana Maria aos misteres totais da Vida Acadêmica. A Aninha da Academia cresceu muito com essa Oficina Socioliterária. Ela aproveitou maravilhosamente bem os melhores fluidos metafóricos e linguísticos, até os gramaticais, típicos de seu ambiente de devoção profissional. Estudou bastante. Licenciou-se em Letras (Português-Inglês), com exemplar dedicação aos propósitos de Professora. Sua monografia de conclusão da Licenciatura ainda brilha como estrela de coroamento de esforços pessoais e intelectuais, com pesquisa literária de vulto esplêndido sobre a poemática nordestina lavrada por Antônio Gonçalves da Silva, o lendário Patativa do Assaré. Depois de tal Licenciatura e sob o manto acadêmico, Ana pós-graduou-se em Atividades Sociais.

Sob a óptica de Baltasar Gracián, Ana Maria é Pessoa!

Com esses valiosos títulos, Ela continua prestimosa e pronta para as mais diversas colaborações em prol da grandeza e prosperidade areopagítica da Academia de Letras João Guimarães Rosa, lume de orgulho dos Militares Estaduais Mineiros, porque Ana Maria preservará sua bela marca de símbolo vivo da Academia.

Parabéns à Senhora Ana Maria de Matos Nascimento!

Viva nossa Confreira ANA-ROSIANA!

 

Belo Horizonte-MG, 25 de setembro de 2017.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *