Sobre Cesare Battisti, o que o cidadão comum não percebeu.

sobre-cesare-battisti
Compartilhar com:

Ao criticar o Brasil, na hipótese de não ter controle completo sobre o terrorista e permitindo que o mesmo evadisse do território nacional, o cidadão comum desacredita a sua polícia, pois a entende como ineficaz e ineficiente.

Erro tosco, a Polícia brasileira não é ineficaz e nem tampouco ineficiente. Temos que ter em mente que a Extradição do Terrorista Cesare Battisti, como acordado entre Brasil e Itália, previa a substituição da pena de prisão perpétua por pena de 30 anos de prisão, na hipótese do terrorista ser extraditado pelo Brasil, a partir do território brasileiro.

Ocorrendo a prisão no território boliviano, o acordo de extradição perdeu a eficácia, o terrorista não terá direito a comutação da pena de prisão perpétua para a pena de 30 anos de reclusão.

Perdeu o terrorista, ganhou a justiça. Perdeu a retórica que tentava fazer valer o argumento de que Cesare Battisti era um filósofo, um ideólogo e ganhou a verdade, a realidade e a justiça que o condenou.

Jogo de diplomacia perfeito, o tolo se achando superior, desconsidera as hipóteses e se submete a nefasta memória que demonstra a vaidade e a arrogância de todos que atingem o fim pela incapacidade de ver além da sua própria sombra ao sol do meio-dia.

As diplomacias brasileira, boliviana e italiana enxergaram muito mais do que os advogados do terrorista pudessem ver e perceberam que não entregando o terrorista no território brasileiro, desobrigaria o governo italiano de cumprir os termos da extradição assinado pelo Presidente Michel Temer.

Triste cidadão que apenas é usado para legitimar os ideólogos de plantão, o globalismo que desconstrói e em síntese é apenas voto.

Parabéns Presidente Evo Morales, que agiu pensando no bem-estar do povo boliviano e não no ideologismo.

Parabéns Presidente Bolsonaro que entendeu claramente que Cesare Battisti não sendo entregue em território brasileiro, os termos da extradição não seriam vinculantes, fazendo valer a vontade do povo brasileiro que acredita em suas ideias.

Parabéns Mateo Salvini, Ministro do Interior italiano pela eficiência e eficácia das suas Forças de Segurança e principalmente parabéns ao povo italiano para reparação temporal que se concretiza.

A justiça e a verdade venceram.

Utilizacão de foto da Agência Brasil

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *