“Principal reduto político da família Neves fica em clima de decepção com delações”

“Principal reduto político da família Neves fica em clima de decepção com delações”

29/05/2017 Política 0
Compartilhar

Na reportagem de Adriana Ferreira, publicada pela CBN, há informações coletadas em São João del Rei, Minas Gerais, após “os escândalos envolvendo o senador Aécio Neves, do PSDB, e a irmã dele, Andrea, após as delações da empresa JBS.

As notícias publicadas sobre o tema ora destacada, segundo a reportagem, “caíram como uma bomba no principal reduto histórico da família.”

Leia mais alguns detalhes da reportagem publicada emissora que transcrevemos em seguida.

Na cidade de São João del Rei, que fica a cerca de três horas de Belo Horizonte, a decepção virou a tônica nas falas de quem comentava o assunto, uma semana depois da operação da Polícia Federal que atingiu o coração do projeto político do mineiro.

Mesmo assim, o desalento com o cenário só é percebido no mais tradicional estilo mineiro: nas conversas reservadas. Nelas, o grande neto da cidade e também do ex-presidente Tancredo Neves é tratado como uma decepção.

‘Ninguém esperava, ninguém imaginava. Todo mundo ficou bem chateado. Ninguém queria que acontecesse isso, ainda mais vindo de quem né? O pessoal tinha uma admiração pelo Tancredo e a história e tudo. Aí depois que veio essa bomba, com a irmã dele e tudo… foi bem pesado’, afirma uma moradora.

A reação de Virgínia do Carmo, moradora de São João del Rei, também ecoa em restaurantes, praças e outros locais onde moradores se reúnem. A presença da reportagem da CBN também gerou curiosidade. As perguntas ecoavam nos olhares das pessoas que nos observavam. Algumas se aproximavam e até perguntavam se estávamos lá em função dos últimos acontecimentos relacionados ao Aécio Neves.

Mas toda essa curiosidade é fácil de entender. É porque na cidade de São João del Rei, a referência à família Neves, está por toda a parte: no nome e na Estátua de Tancredo, em uma das avenidas principais. No casarão da família no centro histórico da cidade pintado de verde e amarelo, no memorial construído em homenagem ao ex-presidente, que morreu na década de 1980 sem assumir a cadeira no Palácio do Planalto.

Foi nessa mesma cidade que Aécio lançou a pré-candidatura à presidência e encerrou o primeiro turno de sua campanha. Também foi São João del Rei o local escolhido para batizar seus filhos, em setembro de 2014. Naquele dia, Aécio, lançou mão de um discurso que defendia a ética, a moral e os valores familiares.

‘O mais importante na vida é o que nós construímos a cada dia. Com os exemplos das nossas famílias, com a crença de que não se deve mentir, não se deve roubar, deve-se respeitar ao próximo. Portanto a política não pode ser uma atividade dissociada da vida cotidiana, da vida real das pessoas’, disse na ocasião.

Na avaliação do sociólogo, cientista político e professor da PUC Minas, Moysés Augusto, a cidade que sempre foi considerada reduto eleitoral dos Neves aponta para um cenário de mudança, inclusive na relação do grupo político aecista para além das urnas.

‘Trata-se de uma família tradicional na região e as famílias tradicionais nas regiões elas exercem poder. Fere-se um símbolo da cidade. A boiada está estourando todos os currais. Aquilo que se tratou como curral e aquilo que se tratou como gado, tá se colocando na contemporaneidade como gente, como pessoas portadoras de uma inteligência, mas ao mesmo tempo de um instinto de sobrevivência’, avalia.

A defesa de Aécio contesta a validade das gravações que levaram ao pedido de prisão dele pela Procuradoria Geral da República e nega todas as acusações. A assessoria de Aécio informou, por nota, que durante toda sua trajetória política o senador demonstrou seu apreço à cidade de São João del Rei.

Ouça, a seguir, o conteúdo da reportagem publicada pela CBN.

Fonte: CBN.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *