Polícia Militar de Minas Gerais Forma gestores tecnológicos em polícia ostensiva

policia-ostensiva
Compartilhar com:

Minas Gerais, por intermédio de sua Polícia Militar, a PMMG, têm, a partir desta sexta-feira (7), novos gestores tecnológicos e executivos de polícia ostensiva e preservação da ordem pública. A informação está numa postagem, de autoria jornalista Killzy Lucena, e publicada no portal daquela Instituição Militar Estadual (IME) e comunica:

  • a solenidade de formatura do Curso Superior de Tecnologia em Segurança Pública (CSTSP/CFS 2018);
  • e que o evento cerimonioso policial-militar foi realizado nas instalações do Estádio Jornalista Felippe Drummond — o Mineirinho . 

Recentemente, foram postadas, neste Pontopm, informações sobre as formaturas dos novos:

Gestores Estratégicos

Gestores Executivos

Formação dos gestores tecnológicos de polícia ostensiva e preservação da ordem pública

Ingresso e desenvolvimento

CSTSP / CFS daquela IME foi programado “para atender a demanda de qualificação da formação dos sargentos”, ampliando-se a oferta institucional de profissionais mais qualificados. Realizado após “processo seletivo interno, aberto aos Soldados de 1ª Classe e aos Cabos do Quadro de Praças da Polícia Militar (QP-PM) e do Quadro de Praças Especialistas da Polícia Militar (QPEPM)”. Foi desenvolvido mediante Matriz Curricular, durante 1920 horas-aulas, estruturada nas seguintes áreas temáticas:

  • Conhecimentos Jurídicos;
  • Valorização do Profissional e Saúde do Trabalhador;
  • Comunicação, Informação e Tecnologias em Segurança Pública;
  • Cultura, Cotidiano e Prática Reflexiva;
  • Sistemas, Instituições e Gestão Integrada de Segurança Pública;
  • Funções Técnicas e Procedimentos em Segurança;
  • Atividades Práticas Interdisciplinares e
  • Prática Curricular Supervisionada

Destaques dos cursos

Na conclusão dos CSTSP / CFS — Turma 2018, destacaram-se, com louvor, a
3º Sargento Barbara Alvarenga Barcelos (1º lugar QPPM) e para o 3º Sargento Johnny Gervasio Medeiros (1º lugar QPE). foram destacados Símbolo do maior reconhecimento à performance dos alunos que foram os primeiros colocados, a Medalha de Mérito Intelectual. A comenda foi entregue aos agraciados pelo Tenente-Coronel Luiz Otávio, comandante da Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (EFAS) .

Cerimônia Policial Militar de Formatura

Convidados e autoridades

Nas instalações daquele ginásio poliesportivo, os convidados e familiares e foram recepcionados por policiais militares. O comando da IME se fez presente, mediante a presença do comandante-Geral da PMMG — coronel PM Helbert Figueiró de Lourdes; do Chefe do Gabinete Militar do Governador e Coordenador Estadual de Defesa Civil — coronel PM Fernando Antônio Arantes; do Subcomandante-Geral da PMMG — coronel André Agostinho Leão de Oliveira; do Comandante da Academia de Polícia Militar — coronel PM Márcio Flávio de Moura Linhares e do comandante da Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (EFAS) — tenente-coronel Luiz Otávio Vieira.

Prestigiaram o evento solene, com suas presenças, o Deputado Federal — Luiz Gonzaga Ribeiro;  juiz do Tribunal de Justiça Militar de Minas Gerais — Sócrates Edgard dos Anjos, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militares — coronel BM Cláudio Roberto de Souza, os coronéis do Alto Comando, da PMMG e do CBM-MG, comandantes e oficiais daquelas IME e oficiais da Polícia Militar do Amapá, dentre outras autoridades civis e militares.

Ritual policial-militar

Três momentos solenes marcaram o ritual policial-militar da formatura dos novos gestores tecnológicos de polícia ostensiva. O primeiro foi a entrada dos concluintes dos cursos, cantando a canção militar “Fibra de Herói”, e comandados pelo “coordenador do CFS, Capitão Rocha acompanhado dos chefes de curso e monitores. O outro momento marcante, foi o ato da aposição das divisas de 3° Sargento pela(o)s madrinhas e padrinhos, reconhecendo os esforços do(a)s seus querido(a)s afilhado(as). No terceiro momento, os novos sargentos prestaram o compromisso, diante dos presentes e da Bandeira Nacional, executarem os serviços de polícia ostensiva e preservação da ordem pública, aos cidadãos e comunidades mineiras, “(…) mesmo com o sacrifício da própria vida“.

Paraninfo e oradores

O titular da Vara de Execuções Criminais da Comarca de Contagem — juiz Wagner Oliveira Cavalieri, foi o paraninfo escolhido pelos concluintes da Turma de Sargentos de 2018. Na ocasião, o Juiz Cavalieri “recebeu ainda uma homenagem das mãos do Comandante-Geral da PMMG, acompanhado” dos comandantes da APM, da EFAS e do Terceiro-Sargento Vinícius Vieira Gomes. No discurso aos formandos, o Paraninfo parabenizou-os, distinguindo seus méritos acadêmicos. Depois, concitou-os a não medir esforços, no cumprimento de suas responsabilidades legais, e, a honrarem “a farda que vestem”, no exercício das atividades de proteção à sociedade e ao Estado mineiros. Na postagem da PMMG, encontra-se, também, sobre o discurso do paraninfo:

“Tenham sempre em mente que o sargento é o elo mais importante da corrente hierárquica da vossa instituição. Nenhuma tropa chega ao sucesso sem bons sargentos. Façam tudo o quanto melhor puderem”, aconselhou o paraninfo dos formandos, que ainda surpreendeu e emocionou a todos, quando solicitou aos familiares e convidados que se colocassem de pé e prestassem cada um, “ao seu modo”, uma continência aos formandos em nome de toda sociedade mineira.

O Orador representante do CSTP/CFS — Turma 2018, foi 3º Sargento Carlos Gomes. Ressaltou que “a caminhada rumo à sua graduação  começou muito antes, quando os pais lhes educaram com os valores que permeiam a vida em sociedade”. Então afirma “que chegado o dia da solenidade os novos Sargentos da Polícia Militar estão imbuídos do sentimento de servir e proteger.” E, com ênfase, destaca:

“Ser Sargento da mais sólida e tradicional Polícia Militar do Brasil é um contentamento para todos nós. O Curso de Formação de Sargentos nos tornou capazes de promover a paz onde existir conflitos, levar a justiça onde houver injustiçados e promover a proteção do cidadão de bem”.

Encerramento da Formatura

Antes do encerramento da formatura, o comandante-geral da PMMG, Coronel PM Helbert Figueiró de Lourdes, enfatizou que a formação ora concluída pelos novos sargentos os habilita, ainda mais, às atividades de polícia ostensiva e preservação da ordem pública. Assim, todos “estão aptos a atuar no comando de guarnições de radiopatrulhamento e de destacamentos policiais de municípios de pequeno porte”. E alertou os novos sargentos:

“Vocês partem agora para uma nova jornada e passam a ter uma nova perspectiva de ascensão profissional, e lembrem-se que a sociedade mineira precisa de vocês com o coração aberto”.

Ao final, a alegria dos formandos contagiou a todos os parentes e amigos, após presentes, o “tradicional ‘fora de forma’”, aos novos sargentos da PMMG, comandado pelo Cap Rocha.


Foto: Marcilene Neves – PMMG

Foto: Marcilene Neves – PMMG

Foto: Marcilene Neves – PMMG

Foto: Marcilene Neves – PMMG

Foto: Marcilene Neves – PMMG

Com as informações da PMMG.

1

Um comentário em “Polícia Militar de Minas Gerais Forma gestores tecnológicos em polícia ostensiva

  1. Carlos Braga
    Carlos Braga Responder

    Parabéns aos novos Sargentos, momento ímpar, singular data de memórias irretocáveis, guardem as lembranças, vivam a família, não se esquecendo do Criador, o único presente, no sacrifício de noites e dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *