Novo comandante-geral da Polícia Militar Espírito-Santense

Novo comandante-geral na Polícia Militar Espírito-Santense
Compartilhar com:

Desde a noite da última segunda-feira (23) que a Polícia Militar do Estado do Espírito Santo (PMES) tem novo comandante-geral da Polícia Militar Espírito-Santense.

Quem é o novo comandante-geral da Polícia Militar Espírito-Santense

Na postagem publicada no portal da PMES, há informações de que “o Coronel Alexandre Ofranti Ramalho foi nomeado comandante-geral da PMES pelo governador Paulo Hartung no dia do aniversário da Instituição, em 06 de abril de 2018.”

Atualmente, com “29 anos de serviço,” o coronel Ramalho comandou “o antigo Batalhão de Missões Especiais, o 1º Batalhão de Polícia Militar e o Comando de Polícia Ostensiva Metropolitano,” além de ter “exercido diversas outras funções”.

O coronel Ramalho substituiu o coronel Nylton Rodrigues Ribeiro Filho, que foi o comandante-geral da PMES, desde o dia 15 de março de 2017, e que é o novo secretário de Segurança Pública do Estado do Espírito Santo.

Cerimônia de posse do novo comandante-geral da Polícia Militar Espírito-Santense

A cerimônia policial militar de posse do novo comandante-geral da Polícia Militar Espírito-Santense iniciou com a apresentação do “comandante do efetivo formado, o Major Fabiano Ferreira Soares […] ao chefe do executivo estadual que, tradicionalmente, realizou a passagem em revista à tropa.” Em seguida, “os presentes entoaram a Canção do Soldado Capixaba, Hino Oficial da PMES.”

Posteriormente, o novo comandante-geral da Polícia Militar Espírito-Santense “foi convidado a se posicionar em local de destaque para receber, das mãos do secretário de Segurança Pública, a espada do comandante-geral da PMES, símbolo que assinala a posição hierárquica no mais alto nível dentre os oficiais da Instituição.”

A transmissão do cargo aconteceu na presença de “inúmeras autoridades civis e militares, dentre elas o governador Paulo Hartung” que presidiu a cerimônia, “no Quartel do Comando-Geral, em Vitória”, onde estiveram presentes “amigos e familiares dos comandantes substituído e substituto.”

Ao receber o cargo de comandante-geral da PMES, o coronel Ramalho declarou: “Com muita honra e orgulho, assumo o Comando-Geral da Polícia Militar do Espírito Santo.” Depois “passou em revista à tropa e fez sua apresentação ao governador como novo comandante da Instituição.”

Outros destaques durante a posse do novo comandante-geral da Polícia Militar Espírito-Santense

Na postagem publicada, foram, igualmente, destacados que:

Na cerimônia, foi reservado um momento para a inauguração do retrato do comandante-geral substituído. O secretário de Segurança Pública recebeu ainda uma miniatura da espada do comando-geral da PMES, marcando o período de seu comando.

Outro ponto do evento foi a entrega simbólica de viaturas, armamentos e equipamentos à PMES e à PCES. No ato, a Polícia Militar recebeu 129 novas viaturas e 181 fuzis Colt M4 de calibre 5,56; já a Polícia Civil foi contemplada com 70 fuzis com as mesmas características.

Na oportunidade, o comandante-geral entregou uma réplica do fuzil ao governador, como reconhecimento da importância da aquisição dos materiais para a Segurança Pública do estado.

Em seu discurso, o secretário de Segurança Pública destacou a caminhada de 183 anos da Polícia Militar na proteção e socorro à população capixaba. Ao se referir às diversas gerações que integraram o efetivo da PMES ao longo do tempo, o Coronel Nylton destacou a convicção de que o papel dos novos policiais é de trilhar a postura organizacional como forma de dignificar os militares que ajudaram a construiu a história da Instituição.

“Devemos buscar sempre a evolução de nossa Instituição, com a clareza de que os interesses institucionais devem nortear os nossos esforços”, salientou o secretário ao citar o maior investimento já realizado na PMES, com o reequipamento, com as promoções de policiais, com o andamento de concursos públicos, entre outras ações.

Por sua vez, o governador Paulo Hartung parabenizou o ex-comandante-geral, Coronel Nylton Rodrigues, por seu desempenho na função. “Travessia, tempo desafiador. Como nos ensinam os filósofos, tempos duros e difíceis também são tempos de transformações, de renovações, de inovações e de mudanças. Isso marca o comando que terminou a poucos dias”, pontuou o governador, que estendeu os parabéns ao Alto Comando, demais oficiais e praças da PMES, pelo trabalho em equipe.

Ele ainda se dirigiu ao Coronel Ramalho, a quem prestou apoio e confiança. “Vim aqui também para dar uma palavra de apoio, de torcida, ao comandante Ramalho que inicia agora uma jornada no ponto mais relevante da vida militar; na trajetória de nossa gloriosa Polícia Militar do Espírito Santo. Conte com nosso governo, integralmente”, salientou.

A cerimônia foi encerrada com o desfile em continência ao novo comandante-geral da PMES.

Com as informações da PMES

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *