No Rio Preto da Eva, Amazonas, Polícia Militar apoia mobilização social de proteção às crianças e adolescentes.

No Rio Preto da Eva, Amazonas, Polícia Militar apoia mobilização social de proteção às crianças e adolescentes.

20/05/2017 Atuação integrada de proteção 0
Compartilhar

Os profissionais da #políciaostensivaepreservaçãodaordempública membros 3ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), da Polícia Militar do Estado do Amazonas (PMAM), apoiaram a mobilização social que celebrou, na última quinta-feira (18), “o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”,

As ações de polícia ostensiva consistiram em assegurar a realização do evento, inclusive, o deslocamento seguro dos participantes, participação, durante a caminhada.

Leia mais detalhes publicados no portal da PMAM que são transcritos a seguir:

A data remete ao ano de 1973, quando um crime bárbaro chocou o Brasil com história da menina Araceli Crespo, de 8 anos de idade, que foi raptada, violentada e cruelmente assassinada por jovens de classe média alta que nunca foram punidos, o fato aconteceu no Estado do Espirito Santo.

Em 1998 foi criado o dia 18 de maio, como sendo o Dia Nacional do Combate ao Abuso e Exploração Sexual a Crianças e Adolescentes. Na ocasião, cerca de 80 entidades públicas e privadas, estavam reunidas na Bahia para o 1º Encontro do Ecpat no Brasil. O evento foi organizado pelo Centro de Defesa de Crianças e Adolescentes (CEDECA/BA), representante oficial do Ecpat, organização internacional que luta pelo fim da exploração sexual e comercial de crianças, pornografia e tráfico para fins sexuais.

Apenas em 2015 e 2016, 37 mil casos de denúncias de violência sexual na faixa etária de 0 a 18 anos foram recebidos pelo Disque 100.

Para mudar essa realidade, o Conselho Regional de Assistência Social organizou a caminhada no município de Rio Preto da Eva, que contou com a participação de alunos das escolas da rede pública municipal e estadual.

Participaram do evento além da Polícia Militar do Amazonas, Detran-AM, Corpo de Bombeiro, Pastoral da juventude, Guarda Civil Municipal de Rio Preto da Eva, Conselho Tutelar, Secretaria de Saúde, Secretaria de Assistência Social, Gabinete da Prefeitura, Câmara de Vereadores, Centro de Atenção Psicossocial, Nasp, Apae, Pastoral da Juventude da Igreja Católica, Grupo de Escoteiro, Serviço de Convivência e grupos de idosos.

Policiais Militares da 3ª CIPM garantiram que a caminhada ocorresse na maior tranquilidade e atingisse seus objetivos, qual seja de chamar a atenção da população em geral para os índices negativos sobre o tema, ao tempo em que foi feito o convite a todos para abraçar a causa para que as crianças e os adolescentes de Rio Preto da Eva possam sonhar com um futuro promissor.

Fonte: PMAM.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *