Militares da Guarda Nacional Republicana atuam contra “maus tratos a animal de companhia”

Militares da Guarda Nacional Republicana atuam contra “maus tratos a animal de companhia”

19/12/2017 Polícia Ostensiva Ambiental 0
Compartilhar

 

Em Campo Maior, “uma vila portuguesa no Distrito de Portalegre, região do Alentejo”, os militares da Guarda Nacional Republicana de Portugal, registraram uma ocorrência, após encontrarem, em condições de maus tratos “um animal de raça canina”.

Das informações publicadas, numa postagem do portal da Guarda Nacional Republicana, verificou tratar-se de um animal de companhia, cujo “o proprietário do animal se encontra ausente do país”.

Leia mais informações, na postagem transcrita em seguida:

O Comando Territorial de Portalegre, através do Núcleo de Proteção Ambiental e da Natureza de Elvas, no passado dia 15 de dezembro, identificou um indivíduo por maus tratos a animais de companhia, na localidade de Campo Maior.

Após uma denuncia, através da linha SOS Ambiente e Território da Guarda Nacional Republicana, de que estaria um animal de raça canina, desnutrido, sem água para beber e graves condições de bem-estar e de alojamento, os militares deslocaram-se ao local e confirmaram a veracidade dos factos.

Apurou-se, ainda, que o proprietário do animal se encontra ausente do país, o qual já está identificado, sendo elaborado um auto de noticia pelo crime de maus tratos a animais de companhia.

O animal entregue aos cuidados do Canil Municipal de Campo Maior para que o mesmo recebesse tratamento veterinário.

 

Fonte: GNR-PT.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *