194º Aniversário da Romancista Maria Firmina dos Reis

maria-firmina-dos-reis
Compartilhar com:

Na data, em que se comemora o 194º Aniversário da Romancista Negra Maria Firmina dos Reis, o Google presta-lhe justa homenagem. Isso porque, na sua página principal, aquela empresa elaborou e mostrou, ao longo do dia 11 de outubro de 2019, um um doodle de reverência à Professora Maranhense. No Palmares — Fundação Cultural, há informações sobre, destacando-a de “Personalidade Negra”, com os seguintes dizeres:

Maria Firmina dos Reis nasceu em São Luís, no Maranhão, no dia 11 de outubro de 1825. Filha bastarda de João Pedro Esteves e Leonor Felipe dos Reis. Foi uma escritora brasileira, considerada a primeira romancista brasileira.

Em 1847, aos 22 anos, ela foi aprovada em um concurso público para a Cadeira de Instrução Primária, sendo assim a primeira professora concursada de seu Estado. Maria demonstrou sua afinidade com a escrita ao publicar “Úrsula” em 1859, primeiro romance abolicionista, primeiro escrito por uma mulher negra brasileira.

O romance “Úrsula” consagrou Maria Firmina como escritora e também foi o primeiro romance da literatura afro-brasileira, entendida esta como produção de autoria afrodescendente. Em 1887, no auge da campanha abolicionista, a escritora publica o livro “A Escrava”, reforçando sua postura antiescravista. Ao aposentar-se, em 1880, fundou uma escola mista e gratuita. Maria morre aos 92 anos, na cidade de Guimarães, no dia 11 de novembro de 1917.

Em 1975, Maria recebe uma homenagem de José Nascimento Morais Filho que publica a primeira biografia da escritora, Maria Firmina: fragmentos de uma vida.

Sobre Maria Firmina dos Reis, a Wikipedia destaca sua brilhante carreira, no magistério público do Maranhão, apresentando, igualmente, sua obra literária, descrita a seguir:

Úrsula. Romance, 1859.

Gupeva. Romance, 1861/1862 (O jardim dos Maranhenses) e 1863 (Porto Livre e Eco da Juventude).

Poemas em: Parnaso maranhense, 1861.

A escrava. Conto, 1887 (A Revista Maranhense n° 3)

Cantos à beira-mar. Poesias, 1871.

Hino da libertação dos escravos. 1888.

Poemas em: A ImprensaPublicador MaranhenseA Verdadeira MarmotaAlmanaque de Lembranças BrasileirasEco da JuventudeSemanário MaranhenseO Jardim dos MaranhensesPorto LivreO DomingoO PaísA Revista MaranhenseDiário do MaranhãoPacotilhaFederalista.

Composições musicais: Auto de bumba-meu-boi (letra e música); Valsa (letra de Gonçalves Dias e música de Maria Firmina dos Reis); Hino à Mocidade (letra e música); Hino à liberdade dos escravos (letra e música); Rosinha, valsa (letra e música); Pastor estrela do oriente (letra e música); Canto de recordação (“à Praia de Cumã”; letra e música).

Veja o vídeo e saiba outras informações de Maria Firmina dos Reis, uma das grandes romancista brasileiras.

Com as informações e fotos das fontes citadas.

0

Um comentário em “194º Aniversário da Romancista Maria Firmina dos Reis

  1. Pingback: 117° aniversário de Carlos Drumond de Andrade. | Pontopm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *