Lembranças das experiências passadas do outro lado do Atlântico

Lembranças das experiências passadas do outro lado do Atlântico

15/06/2018 Homenagem 1
lembrancas-das-experiencias- passadas-do-outro-lado-do-atlantico
Compartilhar

De Braga — “uma cidade portuguesa situada ao Norte de Portugal, que é “sede dum município com 183,4 km² de área, uma população de 192 494 habitantes sendo o centro da antiga região denominada Minho, com mais de um milhão de habitantes.” —, um brasileiro relembra, com saudades, os primeiros passos em direção à carreira policial militar, realizada nas Minas Gerais.

Entusiasmado, destacou companheiros de farda, alguns ícones da Instituição Militar Estadual, dentre os quais muitos parentes, que galgaram carreiras admiráveis, tornando-se comandantes-gerais inesquecíveis, como foi o caso do bondespachense coronel José Geraldo de Oliveira.

Assim, do outro lado do Atlântico, Carlos Alberto da Silva, do clã dos bragas e atual cidadão português, manifestou-se:

Há 36 anos, no dia 15 de junho de 1982, o jovem Carlos Alberto da Silva, filho do Manoel Braga e da Maria, irmão da Beatriz, Márcio, Marcelo e Marcos Antônio, adentrava aos portões do Batalhão de Polícia de Choque, em Belo Horizonte, Minas Gerais, para frequentar o Curso de Formação de Soldados da PMMG, pelotão 03/82 da 3. Companhia do BPChq.

Naquele ano, no Brasil era presidente o General João Figueiredo, o governador de Minas Gerais era Francelino Pereira, o CG da PMMG o Cel Jair Cançado Coutinho, Cmt do BPCh o Ten Cel Tarcísio Rolino de Castro, o Sub Cmt o Maj Jaci Pedro do Couto, o Cmt da 3. CiaPChq o 1.° Ten Mauro Lúcio Gontijo, o Cmt do Pel 03/82, do qual fazia parte, era o 2.° Ten Sérgio Luiz Marques. O Cmt do CPC o Cel Klinger Sobreira de Almeida e o Cmt do sonho maior de qualquer jovem que ingressa na PM, era o meu primo Cel PM José Braga Junior, Cmt da APM, Chefe do GMG, Cmt Geral da PMMG e sem dúvidas o mais leal oficial em relação à tropa, sem obviamente me esquecer de outra figura do ano de 1982, um outro primo, os Oliveira Braga, Cel PM José Geraldo de Oliveira, à época Deputado Estadual.

Na pessoa destes e de todos os amigos, colegas e companheiros da PMMG que já não estão entre nós, agradeço a todas as pessoas que fizeram parte da minha vitória na PMMG e na pessoa dos militares avós, tios, primos, sobrinhos, agradeço à minha família o culto aos valores e as virtudes. Nos nomes de Galdino, Sinfrônio, Luciano, Silvino, Anésio, Alencar, Américo, Cláudio, Vagner, Leandro, Juninho, Adilson, Sander, Rodrigo e tantos outros, agradeço o legado.

Obrigado a todos.

1

Um comentário

  1. Carlos Braga Carlos Braga disse:

    Não poderia deixar de ressaltar as figuras do Sgt Marçal e do Cb Assis, monitores do Pel 03/82, o lapso no texto, me obriga ao reparo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *