Colegiado Superior de Segurança Pública

colegiado-superior-de-seguranca-publica
Compartilhar com:

Para o próximo governo de Santa Catarina, no período de 2019 a 2022, o governador eleito daquele Estado — Carlos Moisés — decidiu inovar na segurança pública, com a criação do Colegiado Superior de Segurança Pública (CSSP). Além da inovação no setor de proteção das pessoas e comunidades catarinenses, a decisão governamental favorece e estimula a necessária integração das polícias civil e militar, Corpo de Bombeiros Militar, Instituto Geral de Perícias e do Departamento Estadual de Trânsito.

Na ocasião do anúncio oficial, ficou decidido que o titular dos quatro primeiros órgãos exercerá a presidência do CSSP, com a duração de um ano. Além disso, Carlos Moisés confirmou “que o atual comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior, permanece à frente da instituição e será o responsável pela gestão do colegiado neste seu primeiro ano. “

colegiado-superior-de-seguranca-publica

Em consequência disso, ficou determinado a seguinte gestão para o CSSP, nos próximos anos de:

  • 2019 – comandante-geral da Polícia Militar – coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior;
  • 2020 – delegado-geral da Polícia Civil – Paulo Norberto Koerich;
  • 2021 – comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar – coronel João Valério Borges (até fevereiro) e depois se substituto;
  • 2022 – diretor do Instituto Geral de Perícias (IGP) – Giovani Eduardo Adriano.

A decisão governamental visionária, insiste-se, demonstra comprometimento com a proteção pública catarinense rumo ao pensamento estratégico da #polícia4.0.

Com as informações da PMSC.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *