Cenas Caóticas na Capital dos Estados Unidos

Compartilhar com:

Notícias divulgadas (By Jessica Gresko, Michael Biesecker, and Jeff Horwitz da
Associated Press) informam que na tarde da última sexta-feira (20), muitos manifestantes protestaram durante a posse do novo presidente, em Washington DC, Capital dos Estados Unidos. Houve um confronto caótico entre eles e os profissionais estadunidenses de polícia ostensiva e preservação da ordem pública, que usaram spray de pimenta e bombas de efeito moral. Houve muito empurra-empurra, a poucos quarteirões do local onde acontecia a posse oficial de Donald Trump.

As manifestações foram pacíficas em vários pontos, nas imediações dos postos de controle de segurança. No acesso ao Capitólio, onde ocorreria a cerimônia, havia o controle policial, liberado às pessoas que apresentavam as credenciais. Muitas pessoas gritavam palavras de ordem, tais como: “Resist Trump Climate Justice Now!”,”Let Freedom Ring!” e “Free Palestine!”.

Mas, nas imediações do National Mall, a polícia teve de dispersar cerca de 100 manifestantes que quebraram as janelas de estabelecimentos comerciais daquela região, incluindo uma loja Starbucks, um Bank of America e um McDonald’s, em sinal de protesto contra o capitalismo e Trump.

Houve danos a uma limousine estacionada numa área considerada segura. Foram registrados pequenos incêndios nas imediações. Segundo Peter Newsham, chefe de polícia interino do Departamento de Polícia Metropolitana, os manifestantes causaram “danos significativos” em vários lugares e que mais de 90 pessoas foram presas e acusadas de tumultos.

Nas imediações de um ponto de controle da segurança, vários manifestantes usavam macacões laranja e black hoods sobre seus rostos, numa representação dos prisioneiros dos EUA na Baía de Guantánamo. Eleanor Goldfield, que ajudou a organizar o protesto do Disrupt J20, disse que os manifestantes queriam mostrar a Trump e seus apoiadores “equivocados, mal informados ou simplesmente perigosos” que eles não ficarão calados.

Demonstrações em Washington não foram as únicas dessa sexta-feira. Em San Francisco, milhares de manifestantes formaram uma cadeia humana na Golden Gate Bridge e cantaram “Love Trumps hate”. No distrito financeiro da cidade, algumas centenas de manifestantes bloquearam o tráfego no lado de fora de um prédio de escritórios que seria da propriedade de Trump.

Nas imediações da Prefeitura de Atlanta, centenas de pessoas protestaram e falaram palavras de ordem contra Trump, denunciando-o de racista e facista, expressando apoio aos imigrantes, muçulmanos e ao movimento Black Lives Matter.

Em Nashville, meia dúzia de manifestantes se acorrentaram às portas do Capitólio de Tennessee. Num parque daquela cidade, enquanto Trump prestava o Juramento Oficial de Presidir os Estados Unidos, centenas de pessoas sentaram-se e ficaram 10 minutos em silêncio. Posteriormente fizeram uma oração, cantaram canções patrióticas e leram a Declaração de Independência em voz alta.

As manifestações não cessaram após Donald Trump ocupar as instalações da Casa Branca. Neste sábado (21) poderá ocorrerem várias manifestações contrárias ao novo Governo Trump.

Veja as imagens de um vídeo do Washington Post mostrando alguns momentos da manifestação ocorrida nas imediações do National Mall.

2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *