O mundo no "caça palavras".

O mundo no “caça palavras” foi uma forma de The Economist simbolizar (foto abaixo) as condições possíveis para o ano de 2020 e a Terceira Década deste Século XXI. As frases e palavras visualizadas mostram “o mundo em 2020′; “Trump”; “Brexit”; “AI”; “Taito”; “Tokio”; “Marte”; “Clima”; “XI”; “Recessão”; “MODI”; “EXPO”; “SDGS”; “BOND”; “Beethoven”; “Visões”; “Biodiversidade”; “RATNPT”; “WAR”; “REN”; “Raphael”; “Nighting Ale” e “Russia”. Porém, qual será o real significado, e o porquê, de cada uma das palavras e do conjunto delas?

“O mundo em 2020” tem certamente uma simbologia caracterizada pelas cores ora destacadas. Os dois primeiros dígitos foram grafados na cor vermelha; os dois finais na cor verde. A mensagem das cores estão relacionadas aos eventos específicos que são simbolizados por elas, ou ao conjunto dos elementos?

De igual modo, o termo “Visões”, associado ao “mundo em 2020” e aos demais episódios/eventos, foi grafado, na cor vermelha, evidenciando a palavra visão. Será um alerta, aos desavisados, de que o centro de controle amplia, cada vez mais sua visão, ilimitada aos espaços, até então, considerados limitados, íntimos, privados?

A temática — “Trump”; “Brexit”; “AI”; “Taito”; “Tokio” e “Marte” — ocupará consideráveis espaços midiáticos, neste ano de 2020. O conjunto de episódios/eventos demonstra associação entre eles, sejam os políticos (impeachment do chefe do executivo norteamericano); tecnológicos (corrida da utilização funcional de Inteligência Artificial); entretenimentos (produção e distribuição de jogos eletrônicos); esportivos (Jogos Olímpicos de Tóquio) e/ou espaciais (Ações ampliadas na busca da conquista de Marte). Cada um deles constitui palco de disputas acirradas. Quem vencerá a corrida ora programada? Há posicionamentos que destacam o BR (Sigla do Brasil), colocado após o nome do presidente dos Estado Unidos e ante do Brexit.

A corrida ambientalista está simbolizada pelos termos: “Clima”; “XI”; “EXPO” e “SDGS” e “Biodiversidade”. Quem é o “XI”, será o Líder Político da China? Ou, talvez, ao décimo primeiro OBJETIVO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL, que é Tornar cidades e assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis. Os eventos “EXPO“; “SDGS” compõem a agenda sobre a “Biodiversidade” mundial.

Chamam atenção, outros três conjuntos de termos com alguma relação entre si. O primeiro, constituído pelos nomes “Bond”, “Beethoven” e “Raphael”. Bond é criação inglesa do homicida com permissão para eliminar lideranças honestas e desonestas que se posicionam contrárias ao centro de controle. Qual será a bola da vez? Alguém, dentre os citados no caça palavras? O “trabalho” daquele homicida é perfeito, do ponto de vista da execução. Não deixa qualquer rastro capaz de indicar alguma autoria. Neste ano, serão comemorados, respectivamente, em 6 de abril, o 500º aniversário da morte do pintor italiano  Raffaello Sanzio da Urbino; e, no dia 17 de dezembro, o 250º aniversário de Ludwig van Beethoven.

No segundo, o destaque é para os termos “Recessão” e “MODI”. O primeiro é retratado numa realidade indesejável, presente nos cenários dos países considerados, outrora, prósperos com boas condições à sua população. Tem-se repetido, aqui, ali e acolá. Nos anos de 2015 a 2018, foi a realidade vivenciada pelo povo brasileiro. De igual modo, reflexos de dificuldades, têm sido observadas em várias localidades do mundo, evidenciadas em mobilizações e manifestações. O papel da Índia, na contextualização conflituosa mundial, dentre outros, é lembro pelo nome de “MODI”, uma das importantes liderança indiana?

No terceiro, o que dizer dos termos “WAR REN” ou “WARREN”;”Nighting Ale” e “Russia”? Se for WARREN, quem será? O terceiro homem mais rico do mundo (Warren Buffet) liderará o ranking, em 2020? Ou a senadora, política e jurista, Elizabeth Warren, enfrentará e vencerá Trump, nas eleições à Presidência dos Estados Unidos. Destaca-se, ainda, que, na nona edição do Oxford Advanced Learner’s Dictionairy (OALD), o termo war refere-se a “guerra de tudo”; ren é a sigla de enfermeira registrada, e, Nighting Ale, seria alguma referência à Florence Nightingale? Esta, no citado dicionário é assim destacada:

(1820-1910) an English nurse who became famous for her work during  the Crimean War. In spite of a lot of opposition from army officials, she greatly improved the conditions of military hospitals and reduced  the numbers of soldiers dying of disease. She used to walk round  the hospital beds at night with her lamp, comforting the patients, and so  became known as the ʼLady of the Lampʼ. Later she ran a campaign to change the British hospital system and improve the training of nurses.  In 1907, she became the first woman to receive the Order of Merit.

Não se encontrou explicação plausível para os termos: “RATNPT”. Talvez, seja “RAT” (Rato ou causador de pragas, segundo o OALD) e “NPT”. Há outras referências sobre a palavra “DOR”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *