20 anos do Proerd são celebrados pelos policiais militares catarinenses

20 anos do Proerd são celebrados pelos policiais militares catarinenses

17/03/2018 Ações de polícia na comunidade 0

Nas páginas históricas da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), algumas registram ações singulares de polícia na comunidade, enfatizando o papel singular dos profissionais catarinenses de polícia ostensiva e preservação da ordem pública e que se dispõem a coparticipar de uma das mais efetivas estratégias de prevenção da violência e da criminalidade, direcionadas às crianças e aos adolescente.

Trata-se do “Programa Educacional de Resistências às Drogas e à Violência” — ou simplesmente Proerd — como é conhecido na ambiência das polícias militares das 27 instituições militares estaduais d Brasil.

Em Santa Catarina, mais especificamente, na PMSC, o Proerd completou, na última sexta-feira (16), 20 anos de atividades de orientações aos alunos do Ensino Fundamental e Médio das escolas públicas e particulares.

Na postagem de destaque ao vitorioso programa, publicada no portal da PMSC, foi salientado que o Proerd:

[…] é o programa que tem como principal objetivo capacitar crianças e adolescentes para resistir à oferta de drogas e prática de violência.

O programa, que surgiu nos Estados Unidos, ganhou mais de 82 países e chegou em 1992 no Brasil. Em Santa Catarina, o Proerd da PMSC já formou mais de 1.342.033 crianças dos 5º anos do ensino fundamental.
O Proerd tem instrutores policiais militares capacitados, que levam informações para crianças de escolas públicas e privadas, sempre com buscando orientar para que eles busquem uma vida mais segura, saudável e responsável. Nesse mês de março, o Proerd completa 20 anos no dia 16 de março, com mais de 800 instrutores capacitados por todo Estado de Santa Catarina.

Em Santa Catarina, o Proerd conta com uma coordenação estadual para distribuição e administração de recursos, tendo como coordenador estadual o major Reginaldo Rocha de Sousa, e na equipe o subtenente Sidnei Lisboa, a soldado Vanessa Marina Moreira Antunes e a soldado Marília Tavares.

Um pouco dessas histórias podemos ver pelo olhar de nossos instrutores no vídeo a seguir, que foi produzido pelo Centro de Comunicação Social da PMSC (CCS) e teve ajuda do narrador Davi Koscianski Moreira, de 11 anos, ex-aluno Proerd e atual aluno do Colégio Militar.

Com as informações da PMSC

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *