“1º Seminário de Perícia Criminal Militar” será realizado pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro

“1º Seminário de Perícia Criminal Militar” será realizado pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro

24/02/2018 Educação Profissional 0

A educação profissional é um dos mais significativos valores das Instituições Militares Brasileiras responsáveis pela proteção dos cidadãos e suas respectivas comunidades.

Exemplo disso é a informação de uma postagem publicada no portal da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ), que, por intermédio do seu “Centro de Criminalística (CCrim) Luís Valdemar Xavier Vieira”, realizará “o 1º Seminário de Perícia Criminal Militar, de 26 a 28 deste mês de fevereiro, na Academia de Polícia Militar D. João VI, em Sulacap.”

O ponto significativo do “evento marca os 30 anos de fundação do CCrim, uma instituição pioneira na área de perícia criminal militar.”

Leia mais informações sobre o evento publicado, no portal da PMERJ, e transcrito a seguir:

Durante os três dias do Seminário, palestrantes de referência nacional debaterão temas de grande relevância na área com cerca de 380 participantes inscritos – profissionais de perícia criminal de diversos estados, militares, especialistas do setor acadêmico e autoridades do Poder Judiciário. O resultado do Seminário vai contribuir para consubstanciar a base de informações do CCrim, órgão criado com a finalidade de subsidiar os procedimentos de investigação de crimes militares, proporcionando eficiência e credibilidade em benefício da Justiça Militar.

Na cerimônia de abertura de Seminário, a mesa será composta pelo Corregedor da PMERJ, Coronel Jorge Fernando Pimenta; pelo Coordenador de Inteligência da Polícia Militar, Coronel Jorge Goulart Matos; pelo Promotor e Doutor em Direito Processual, Décio Luiz Alonso Gomes; pela Juíza da Auditoria de Justiça Militar do Estado do Rio de Janeiro, Ana Paula Monte; e pelo Juiz da 2ª Vara Criminal de Bangu, Alexandre Abraão.

.O primeiro dia do evento será dedicado ao debate jurídico sobre a competência e atribuição da Perícia Militar e as implicações da Lei 13.491/2017, que ampliou a abrangência para a Justiça Militar. Este será o tema da palestra de abertura proferida pelo Juiz Federal Etiene Coelho Martins, com a participação dos integrantes da mesa de abertura. Ainda no primeiro dia do evento, outras duas importantes palestras estão previstas: O Major PM Médico Francisco João Sahagoff falará sobre a “Atuação da perícia médico legal na Corregedoria da PMERJ” e, em seguida, o Professor Graccho Guimarães Silveira abordará o tema “Medicina legal”.

No segundo dia, o Seminário apresentará quatro palestras. O biomédico Rodrigo Grazinoli Garrido falará sobre “Perspectiva da identificação humana por DNA no Brasil”; a bióloga Janyra Oliveira da Costa abordará o tema “Entomologia forense”; o Tenente-Coronel Bombeiro Marco Albino Lourenço fará palestra sobre “A Perícia de incêndio no âmbito da Justiça castrense”; e o Coronel PM de Roraima, Eduardo Frederico C. de Oliveira, fará uma exposição sobre “Perícia ambiental”.

No terceiro e último dia do evento, outras quatro palestras estão previstas. O Professor e Perito Criminal Elizeu Francisco Santiago falará sobra “Cadeia de custódia e importância da preservação de evidências”; o Professor Odair O. Lece abordará o tema “Local de crime, registro e custódia das evidências”; a Professora de Ciências Forenses Maria do Carmo Gargalione falará sobre “Fonética forense e identificação biométrica na era da tecnologia”; e o Perito Renato de Almeida Pereira fará a última palestra, abordando o tema “Armas de fogo apreendidas do crime organizado, identificação, classificação e modificações”.

“Vamos compartilhar conhecimento com a comunidade científica”, diz Major Rosette

Pioneiro no Brasil, o Centro de Criminalística Cel PM Luís Valdemar Xavier Vieira da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro vem formando, desde 1987, peritos criminais militares não só da Polícia Militar, mas de outras corporações militares como das Forças Armadas e Corpos de Bombeiros Militares de vários estados.

O CCRIM foi criado para atender as demandas da Justiça Militar Estadual e das autoridades de Polícia Judiciária Militar na produção de prova técnica, tanto para instrução dos processos criminais de natureza castrense como para diversos procedimentos apuratórios.

A Major PM Aleana Carrijo Rosette, Perito Criminal Militar e Subchefe do CCrim, explica como surgiu a idéia de promover o Seminário:
– Ao longo desses 30 anos de trabalho, o CCrim vem sido reconhecido como órgão de excelência, face à qualidade das peças técnicas produzidas pelos Peritos Militares. Assim, para comemorar o 30° aniversário de sua criação, nada melhor que compartilhar o conhecimento adquirido e produzido com a comunidade científica da área forense.

Com as informações da PMERJ

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *