Policiais militares paraibanos, pernambucano e norte-rio-grandense participaram da aula inaugural do XI Curso de Formação de Instrutores do PROERD

 

No portal da Polícia Milita do Estado da Paraíba (PMPB), há um postagem informando que na última “segunda-feira (16), foi realizada a solenidade de abertura do XI Curso de Formação de Instrutores do Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (Proerd), da Polícia Militar do Estado da Paraíba, no Centro de Educação da PMPB.”

Destacou-se ainda, naquele post, que, além dos “36 Policiais Militares da PMPB, oriundos de unidades da capital e do interior”, participaram “também do curso, policiais militares do Estado de Pernambuco e Rio Grande do Norte.”

Leia mais informações no post publicado, no portal da PMPB, e transcrito em seguida:

O curso que terá duração de duas semanas, contará com a participação de 36 Policiais Militares da PMPB, Oriundos de unidades da capital e do interior. Participarão também do curso, policiais militares do Estado de Pernambuco e Rio Grande do Norte. O curso será chancelado pelo Centro de Treinamento do Proerd da PMRN, que recentemente teve sua recertificação pelo Dare América, instituição responsável pela manutenção da padronização da qualidade internacional do Proerd, em mais de 60 países no mundo.

Com o foco na prevenção primária, este curso vem oferecer ampliação do Proerd em todo Estado da Paraíba, bem como a ampliação das atividades da Ronda Proerd na Capital e em Campina Grande. Ou seja, mais policiais militares serão levados às salas de aula, para ensinar técnicas de tomada de decisão de maneira segura e responsável, para que tenhamos cada vez mais crianças e adolescentes longe das drogas e da violência.

ATUAÇÃO – O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD), é um programa de prevenção ao uso indevido de drogas, aplicado por Policiais Militares, que ministram aulas para crianças desde a Educação Infantil até o 7º ano do Ensino Fundamental, visando, enquanto atividade preventiva, ensiná-las a resistir ao uso indevido de drogas e a inserção em ambiente violento.

Os conhecimentos sobre atitudes responsáveis, segurança, drogas e as formas de evitá-las, são transmitidos aos alunos através de um modelo de tomada de decisão, sendo aplicada uma aula por semana com a utilização de recursos didáticos como vídeos, dramatizações, canções, brincadeiras e outros. Ao final do currículo, são realizadas formaturas com a participação da família e da comunidade, havendo a entrega de um certificado, habilitando aquele aluno a ser um multiplicador dos conhecimentos adquiridos.

 

Fonte: PMPB.

0

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*