0

O que será? Uma nova ameaça que se avizinha?

 

Após assistirmos ao vídeo destacado acima, vemos a exposição de um modelo político que faliu ao redor do mundo.

Depois, tomamos conhecimento da notícia — não encontrada na grande mídia — publicada, no portal do parlamento federal, e transcrita a seguir:

Frente parlamentar em defesa da soberania nacional será lançada nesta quarta

Senadores e deputados lançarão nesta quarta-feira (21) a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional. O senador Roberto Requião (PMDB-PR) será o presidente da frente parlamentar e o deputado Patrus Ananias (PT-MG) será o secretário-geral.

O objetivo, disse Requião, é “reunir não apenas o Congresso, e sim todo o país, em defesa dos interesses nacionais, fortemente agredidos pelo atual governo da República”.

O senador listou exemplos da “investida contra a soberania nacional”. Entre eles, a venda de terras para estrangeiros sem qualquer limite, a venda a preços irrisórios do petróleo da camada pré-sal, a submissão absoluta à globalização financeira, a cessão da base de Alcântara, a desindustrialização do país, tornando o Brasil mero produtor de commodities minerais e agrícolas, as reformas trabalhista e previdenciária, precarizando os direitos dos trabalhadores para oferecer mão de obra barata às multinacionais.

Para Requião, o “entreguismo” do governo Temer é explícito e caso não seja combatido acabará transformando o Brasil em um simples “estado associado”, como Porto Rico em relação aos Estados Unidos.

O lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional, que tem apoio de 18 senadores e 201 deputados, está marcada para as 15h, no Plenário 2 da Câmara dos Deputados.

Na última sexta-feira (25), encontramos outra notícia — igualmente, não encontrada na grande mídia — publicada, no portal do parlamento mineiro, e transcrita a seguir:

Agenda – ALMG inaugura novo espaço de participação popularAssembleia também promove encontro regional do Fórum do Livro na semana de 28 de agosto a 1º de setembro.

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) vai ganhar mais um espaço aberto à participação popular. Trata-se do Auditório José Alencar Gomes da Silva, que será inaugurado nesta segunda-feira (28/8/17), em solenidade que contará com a presença do presidente da ALMG, deputado Adalclever Lopes (PMDB), e do governador Fernando Pimentel.

A crescente presença dos cidadãos nos eventos institucionais gerou a necessidade de um local que comporte maior número de pessoas. O auditório terá 168 assentos na plateia. Integrado com o Espaço Democrático, que permite a transmissão em tempo real dos eventos pelo videowall, agrega mais 500 lugares.

Durante o evento, também será lançada, em Minas Gerais, a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional. Entidade civil suprapartidária, o grupo é integrado por 201 deputados federais e 18 senadores de vários partidos.

Fórum – A cidade de Varginha (Sul de Minas) vai abrir, na terça (27), a etapa de interiorização do Fórum Técnico Semeando Letras – Plano Estadual do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas, realizado pela Assembleia em parceria com as Secretarias de Estado de Cultura e de Educação.

O objetivo é coletar sugestões da sociedade para a elaboração do Plano Estadual do Livro, que vai nortear políticas públicas para a democratização do acesso à leitura.

No jornal da Globo Minas, foi publicado, nesta data, o vídeo mostrando o evento previsto anteriormente.

Interessante que os organizadores da entidade — que se quer ver prestante e atuante — estão no poder, desde 2003, com um modelo político e econômico falido completamente.

Esses notáveis Cavaleiros do Apocalipse, pretendem o quê? A defesa da soberania nacional?

Isso tudo, o que será? Uma nova ameaça que se avizinha?

 

Fontes: Foto (Pixabay), vídeo (Prageru) e textos (destacadas acima).

0

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*