Policiais militares ambientais apreenderam aves silvestres mantidas ilegamente em cativeiro, na Região Administrativa de Ceilândia-DF

 

Ações de polícia ostensiva ambiental foram desenvolvidas pelos “policiais militares do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPMA)”, após “receberam uma denúncia sobre um criadouro de aves em uma casa na QNO 15 do Setor O.”

Comparecendo ao local indicado, “foram recebidos pelo proprietário que autorizou a busca pela residência”, onde foi encontrado um “criadouro ilegal de aves silvestres foi descoberto”, na manhã dessa quinta-feira (17), e eram mantidos em cativeiro ilegal “12 canários da terra, um pássaro preto e um papa capim.”

Os policiais militares, cabo Shikasho e soldado Saulo Costa, verificaram também que “o responsável pelas aves não possuía licença do órgão ambiental competente”. Isso motivou a apreensão de “14 pássaros, 11 gaiolas e um alçapão (armadilha para capturar aves)”, além da condução do proprietário das aves silvestres, “à 24º Delegacia onde foi autuado com base no art. 29, III da Lei 9.605/98 (Lei dos Crimes Ambientais)” e as aves e materiais apreendidos entregues aos policiais civis daquela unidade de polícia judiciária.

Fonte: PMDF.

0

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*