Policiais militares rondonianos de polícia ostensiva ambiental implementaram o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO)

Policiais militares rondonianos de polícia ostensiva ambiental implementaram o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO)

05/08/2017 Polícia Ostensiva Ambiental 0

A implementação do Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), nas atividades de polícia ostensiva ambiental, aconteceu na última quarta-feira (2). Foi lavrado pelos profissionais de polícia ostensiva e preservação da ordem pública, do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), da Polícia Militar do Estado de Rondônia (PMRO), contra um infrator que praticava o “Crime de Transporte Irregular de madeira”.

O procedimento ora destacado agilizará o resultado efetivo e consequente da ação policial militar, destacou, assim,

o capitão PM Camilo, chefe da Seção Operacional do BPA”:
O BPA realizando o TCO, para os crimes de menor potencial ofensivo irá acelerar muito os trabalhos de fiscalização ambiental, pois neste caso em específico por exemplo, a ocorrência se deu hoje (02/08) e, em menos de quinze dias (15/08) já acontecerá a audiência

Leia mais informações, sobre o novo procedimento, na notícia do jornalista Lenilson Guedes, publicada no portal da PMRO, transcrita a seguir:

Visando dar mais celeridade aos procedimentos policiais, e consequentemente entregando um melhor serviço à Sociedade, o Batalhão de Polícia Ambiental, lavrou no dia 2 de agosto de 2017, o primeiro TCO – Termo Circunstanciado de Ocorrência exclusivamente. O Crime de Transporte Irregular de madeira foi o constatado pela equipe de policiamento ambiental em patrulhamento rural, na Linha 11(Joana D’ark). A equipe era composta pelo Sargento PM Marcelo, Cabo PM Aragão e Soldado PM Guilherme.

Na ocasião o infrator se comprometeu a comparecer em audiência no dia 15/08, sendo desta forma liberado no local. ‘’O BPA realizando o TCO, para os crimes de menor potencial ofensivo irá acelerar muito os trabalhos de fiscalização ambiental, pois neste caso em específico por exemplo, a ocorrência se deu hoje (02/08) e, em menos de quinze dias (15/08) já acontecerá a audiência”, disse o capitão PM Camilo, chefe da Seção Operacional do BPA, acrescentando que o infrator já sai compromissado e com a data de sua audiência em Juízo marcada, evitando assim sua condução até a delegacia e lá ser firmado tal compromisso.

A equipe de policiamento prossegue com seu trabalho, haja vista que o policiamento ambiental, geralmente, acontece em locais de difícil acesso e longe das delegacias, completou o Capitão PM Camilo, chefe da Seção Operacional do BPA.

‘’Cabe ressaltar que estamos desde janeiro com a incumbência, repassada pelo MP, de realizar o compromisso de mais de 500 TCs repressados na delegacia de crimes ambientais, que estavam prescrevendo e esta delegacia não conseguia compromissar os autores dos fatos. Desde janeiro até julho já são mais de 100 compromissos feitos pelo Batalhão de Polícia Ambiental, com o TCO iniciado na delegacia de repressão aos crimes ambientais”.

Hoje, após instrução de implantação de procedimentos, foi realizado o primeiro TCO do BPA, finalizou o Capitão PM Camilo.

Texto: Solddo PM Valdinei

Fotos: Equipe de policiamento

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *