0

Polícia Militar de Minas Gerais distingue comandantes de “unidades na busca de um melhor desempenho de liderança, estratégias, processos e resultados”

A proposta do desenvolvimento organizacional para uma Instituição Militar Estadual é um dos desafios que tem sido superado pela Polícia Militar do Estado de Minas Gerais (PMMG).

Parte da superação desse desafio consiste, num primeiro momento, na compreensão do desenvolvimento da gestão (aí incluídos os fundamentos, princípios e aplicabilidade funcional; aplicações e critérios de avaliação). Noutro momento, a adaptabilidade gestora, na unidade específica, na realidade prática da prestação do serviço específico.

Nesse sentido, superado o desafio, os resultados aparecem com indicativos de melhorias contínuas nas atividades desenvolvidas. Nisso consiste a busca da excelência para a satisfação dos destinatários dos serviços de polícia ostensiva e preservação da ordem pública.

Leia mais sobre a solenidade de premiação, segundo a notícia publicada, no portal da PMMG, e transcrita em seguida:

A Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) premiou em uma solenidade comandantes de unidades que alcançaram grau prata e ouro no Programa para a Excelência da Gestão, implantado há cerca de um ano na instituição. A premiação foi o reconhecimento pelo esforço das unidades na busca de um melhor desempenho de liderança, estratégias, processos e resultados em prol de uma prestação de serviço mais eficiente para a população mineira.

Para o coronel Sérgio, assessor de Desenvolvimento Organizacional (ADO), a Polícia Militar absorveu muito bem todas as orientações da Fundação Nacional da Qualidade, que em Minas Gerais é representada pelo Instituto Qualidade e Produtividade Minas (IQPM). “Entendemos que é premissa básica investir na qualidade da gestão para que os nossos produtos sejam de boa qualidade, e é exatamente isso que foi proposto pelo modelo de excelência em gestão”, afirmou.

O Instituto Qualidade e Produtividade Minas orientou a Polícia Militar na adesão ao modelo de gestão. O diretor do instituto, Caio Márcio Becker Soares, contou que a parceria foi de ambas instituições. “Começou uma parceria mesmo, com várias reuniões feitas no IQPM, na Cidade Administrativa e nas unidades. A PM foi exemplar no trabalho que fizemos na adoção do modelo de excelência da gestão”, elogiou.

O troféu grau prata foi entregue ao 1º BPM, 13º BPM, 16º BPM, 22º BPM, 34º BPM, 41º BPM, 49º BPM, Centro de Pesquisa e Pós-graduação (CPP) e Centro Integrado de Comunicações Operacionais (CICOP).

Comandante do 1º BPM, o tenente-coronel Eduardo Felisberto, contou que foi uma vitória conseguir o grau prata, “afinal foi um ano e meio de trabalho, muita dedicação, mapeamento das atividades da unidade, para colocar essas atividades de acordo com as premissas do programa, o que gerou uma grande expectativa nos militares do 1º BPM. O programa se encaixa no propósito de melhorar o serviço para atender o público que passa pelo hipercentro de BH todos os dias”.

O troféu grau ouro foi entregue ao 5º BPM, ao Batalhão de Trânsito, ao Centro de Motomecanização e Intendência da Diretoria de Apoio Logístico, ao Centro Odontológico e ao Hospital da Polícia Militar. O comandante do CODONT, tenente-coronel Renato, disse que principalmente nas áreas da saúde é necessário identificar os problemas a serem resolvidos e melhorar os processos. “Ao longo do trabalho, vai-se envolvendo toda a equipe para ter um sentimento de que aquilo é nosso, que precisa-se melhorar sempre”, finalizou.

0

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*