Polícia Militar do Espírito Santo orienta os cidadãos a usarem as rodovias capixabas de forma legal e segura

Os profissionais de polícia ostensiva e preservação da ordem pública da Polícia Militar do Estado do Espírito Santo (PMES) estão empenhados na proteção dos usuários das rodovias capixabas, neste feriado de Corpus Christi.

Estão orientados para orientar os condutores de veículos, sobre os cuidados desejáveis nos deslocamentos e com segurança para todos, evitando-se situações indesejáveis, diante das possibilidades de causarem acidentes.

Os esclarecimentos necessários a todos foram publicados na notícia publicada no portal da PMES que é publicada a seguir:

Com o feriado de Corpus Christi se aproximando, muitas pessoas aproveitam para viajar pelas estradas. Com isso, torna-se necessário redobrar a atenção e os cuidados durante o percurso. Nesse sentido, o Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) apresenta algumas dicas de segurança para quem pretende viajar pelas rodovias.

Cuide da manutenção do automóvel antes de viajar: o óleo do motor; o sistema elétrico, as setas, as lanternas, os faróis, os fluidos do freio e o para-brisa, além de calibrar os pneus, inclusive sobressalente.

Planeje sua viagem, respeite o limite de velocidade e a sinalização, não faça ultrapassagens forçadas, pois os acidentes em alta velocidade e por ultrapassagens forçadas são as principais causas de acidentes com mortes.

Se beber não dirija, não só pelo perigo de causar acidentes, mas também é infração gravíssima e crime de trânsito. Se o condutor for flagrado, receberá uma multa de R$ 2.934,70, terá sua carteira de habilitação suspensa por 12 meses e será preso pelo crime de dirigir alcoolizado.

Use o acostamento apenas em casos de emergência e use a sinalização correta para evitar acidentes e lembre-se que o uso do cinto de segurança é obrigatório para todos os passageiros.

Importante ressaltar ainda que as crianças de até dez anos devem ser transportadas apenas no banco traseiro e em uma cadeirinha adequada para cada idade. Por sua vez, os pets precisam ficar dentro de uma caixa de transporte ou mesmo presos com a coleira ao cinto de segurança no banco de trás do carro.

Por fim, a Polícia Militar salienta que a paz no trânsito depende de todos e que escolhas corretas no trânsito salvam vidas.

Fonte: PMES.

0

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*