Ações de polícia ostensiva comunitária, em Porangatu, no Estado de Goiás.

As manifestações diárias de aproximação com as pessoas e respectivas comunidades são oportunidades significativas para as ações de polícia comunitárias. Essas favorecem a atuação dos profissionais de #políciaostensivaepreservaçãodaordempública, pois a efetividade dos serviços prestados somente se completa com a participação das pessoas que deles necessitam, ou neles envolvidos.

Nesse entendimento, os policiais militares brasileiros superam desafios para se aproximarem de suas comunidades, comprometidos com a demonstração do sentido de utilidade pública de suas unidades, nas respectivas localidades onde prestam serviços.

Exemplo disso, encontra-se no portal da Polícia Militar de Goiás (PMGO), pelas ações de polícia comunitária dos militares do 3º Batalhão de Polícia Militar.

Leia a seguir a nota publicada:

Policiais Militares do 3º Batalhão de Polícia Militar realizaram na tarde desta segunda-feira, 08/05, uma visita a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Porangatu.

Na oportunidade foram entregues para a unidade alimentos não perecíveis que foram doados pelos próprios militares. A diretora elogiou e agradeceu a atitude dos policiais.

Segundo o comandante do 3º BPM, major Polidorio, “mais uma vez a Polícia cumpre sua função de aproximar da sociedade zelando pelas boas práticas dos cidadãos de bem”.

O 3º Batalhão de Polícia Militar de Goiás parabeniza aos funcionários e colaboradores da APAE de Porangatu pelo belo trabalho realizado de forma exemplar em nossa cidade.

Fonte: PMGO.

0

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*