Ação de polícia ostensiva no contexto da segurança pública.

Ação de polícia ostensiva no contexto da segurança pública.

30/03/2017 Polícia ostensiva no contexto da Segurança Pública 0

O exercício da polícia ostensiva e preservação da ordem pública somente alcançará resultados bem sucedidos se houver integração com os demais órgãos responsáveis pela efetividade da segurança pública. A liderança piauiense tem consciência disso e busca mediante o diálogo as proposições para a atuação de proteção pública integrada.

Nesse entendimento, nessa última quarta-feira (29), foi publicado no portal da PMPI que:

o Comandante Geral da PMPI, Coronel Carlos Augusto, se reuniu com o Juiz da Central de Inquéritos, Dr. Luiz de Moura Correia, que esteve no Quartel do Comando Geral acompanhado do Promotor de Justiça Militar , Dr. Assuero Stevenson, da 9ª Promotoria, e do Secretário da Central de Inquéritos, Carlos Moura.

Também estiveram presentes na reunião o Subcomandante Geral, Coronel Lindomar, o Coordenador Geral de Operações da PMPI, Coronel Alberto, o Comandante do Policiamento Metropolitanos I, Coronel Wagner Torres, o Corregedor da PMPI, Coronel George, o Comandante e o Subcomandante do Policiamento Especializado, Tenente-Coronel Sousa Filho e Major Wilson Gomes, respectivamente.

Durante a reunião, foram abordados diversos temas importantes. Dentre eles, foi discutida a aplicação do projeto de acolhimento e ressocialização de dependentes químicos egressos do sistema prisional, que poderão fazer o seu tratamento em comunidades terapêuticas conveniadas, como a Fazenda da Paz e a Casa do Oleiro. Esse projeto, criado por iniciativa da Coordenadoria de Enfretamento às Drogas do Estado do Piauí – CENDROGAS – deverá ser posto em prática a partir de abril deste ano, envolvendo o trabalho de várias entidades.

Fonte: PMPI.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *