21 foragidos atraídos por “cesta de Natal como isca” foram presos pelos policiais “do condado de South Yorkshire”, na “Operação Azevinho”

Compartilhar com:

 

A BBC divulgou, nesta quinta-feira (28), as ações táticas inusitadas e levadas a efeito pela “polícia do condado de South Yorkshire, no Reino Unido”, nas segunda-feira (18) e terça-feira (19) da semana que antecedeu ao Natal, resultando na captura de 21 foragidos.

Com a “Operação Azevinho (planta símbolo do Natal)”, o objetivo seria capturar foragidos “procurados por crimes como fraude, contrabando de artigos proibidos […] direção perigosa e agressão.” Isso porque, segundo o “detetive-chefe Lee Berry, responsável pela operação”, havia “desperdício de recursos” sempre que se enviava “policiais para endereços que as pessoas” abandonaram.

Cartão feito pela South Yorkshire Police

Decidiu-se, então, enviar aos foragidos, para os endereços cadastrados pela polícia, “um cartão de uma empresa fictícia dizendo que tinham sido sorteados para receber uma cesta [falsa] de Natal”, com “espumantes, geléias e outros artigos para comemorar as festas de fim de ano”.

Entretanto, para “receber a cesta, era preciso agendar a entrega. Mas em vez de receber espumantes, patês e outros artigos para comemorar as festas de fim de ano, os suspeitos receberam uma visita da polícia”. Assim, os policiais “do condado de South Yorkshire” conseguiram prender 21 foragidos.

Fonte: BBC.

 

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *