Atuação dos militares da Guarda Nacional Republicana

Numa postagem do portal da Guarda Nacional Republicana (GNR), há uma informação sobre a atuação dos militares da Guarda Nacional Republicana.

Destacou-se, no post publicado, que a atuação dos militares da Guarda Nacional Republicana aconteceu “para além da sua atividade operacional diária,” resultando num “conjunto de operações, em todo o território nacional, nos dias 7 e 8 de abril, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras, […]”.

Assim, as ações de presença ostensiva, durante a atuação dos militares da Guarda Nacional Republicana, resultaram em 140 detenções “em flagrante delito”; diversas apreensões de drogas, armas brancas e de fogo e numerário, além de “1 809 infrações detetadas”, durantes as fiscalizações de trânsito rodoviário, descritas em seguida:

1 – Detenções realizadas, na atuação dos militares da Guarda Nacional Republicana

Nas Detenções realizadas, foram “140 detidos em flagrante delito, destacando-se:”

79 por condução sob o efeito do álcool;
25 por condução sem habilitação legal;
Nove por tráfico de estupefacientes;
Quatro por posse ilegal de arma;
Três por furto;
Um por violência doméstica.

2 – Apreensões realizadas, na atuação dos militares da Guarda Nacional Republicana

As diversas apreensões de drogas, armas brancas e de fogo e numerário, foram assim descritas:

385 doses de haxixe;
Uma arma de fogo;
Seis armas brancas;
Dois veículos;
530 quilos de bivalves;
50 euros em numerário.

3 – Fiscalizações de trânsito rodoviário desenvolvidas, na atuação dos militares da Guarda Nacional Republicana

Nas ações ostensivas de polícia de trânsito rodoviários, foram “1 809 infrações detetadas” pelos militares e assim registradas:

861 por excesso de velocidade;
128 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei;
97 por falta de inspeção periódica obrigatória;
90 relacionadas com tacógrafos;
75 por anomalias nos dispositivos de iluminação e de sinalização;
66 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças;
50 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução.

Com as informações da GNR

0

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*