Uma linda história de amor, na homenagem prestada, à pequena Walentina, pelos policiais militares brasilienses

Na história da Polícia Militar do Distrito Federal, há uma página escrita, com muito amor e carinho, e lembrada na última quinta-feira (21) pelos profissionais brasilienses de polícia ostensiva e preservação da ordem pública.

Conforme destacado, numa postagem do portal daquela Instituição Militar Estadual, no dia em que se comemorou o Dia Internacional da Síndrome de Down, foi comemorado “também o primeiro ano de vida da Walentina, uma mocinha que veio ao mundo para se mostrar uma verdadeira guerreira.”

Leia mais informações, sobre a história da garotinha, publicadas no post, do portal da PMDF, que é transcrito a seguir:

[…]
Ela é filha do sargento Cunha e nasceu com a síndrome. Mas, antes mesmo de nascer, já começou a receber o acompanhamento no Centro Médico da PMDF, com a Dra. ginecologista Lara, pois aos seis meses de gestação descobriu-se que Walentina tinha uma má formação cardíaca. Na etapa final da gestação houve uma complicação e foi necessário que o parto fosse feito antes do previsto, no dia 21 de março, neste mesmo dia descobriu-se também que Walentina é portadora da síndrome de down.

Além da equipe do Centro Médico, várias outras pessoas da corporação, como a equipe da DSAP – Departamento de Saúde e Assistência ao Pessoal, estiveram acompanhando de alguma maneira, sem medir esforços, seja com orientações ou mesmo com orações, a Walentina. Segundo o pai da pequena, “minha filha só está viva hoje graças à PMDF”.

Em seu primeiro ano de vida, já passou por muita batalha, até cirurgia em seu pequeno coraçãozinho foi preciso fazer. Mas, apesar de todo o sofrimento, essa pequena lutadora nunca tira o sorriso do rosto.

Para nós da Polícia Militar, é uma grande alegria ver a Walentina comemorando o seu primeiro ano de vida e vamos continuar torcendo e dando toda a assistência possível para essa princesa guerreira.

Com as informações da PMDF

0

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*