Policiais militares baianos utilizaram aeronave remotamente pilotada (drone) nos “eventos pré-carnavalescos”

No portal da Polícia Militar do Estado da Bahia (PMBA), uma postagem informa que nos “eventos pré-carnavalescos realizados neste final de semana, no bairro da Barra,” na capital Salvador-BA, os policiais militares baianos utilizaram aeronave remotamente pilotada (drone).

Com a utilização dessa ferramenta inovadora, os profissionais de polícia ostensiva e preservação da ordem pública alcançam ampliada e dinâmica visualização dos espaços públicos que favorecem as ações e operações preventivas por meio meio de movimentações técnicas e táticas dos esforços do pessoal, a pé ou motorizado.

No post, há informações de que “O drone, conduzido por equipes do Grupamento Aéreo (Graer) auxilia no direcionamento das patrulhas levando em consideração as imagens de cima do terreno.”

Além das informações descritas, foram destacadas, no post do portal da PMBA que:

[…]
O equipamento está sendo usado após a conclusão da terceira edição do Curso de Operador de Sistema de Aeronave Remotamente Pilotada (Corpas). No trecho entre a Barra e Ondina o drone monitorou em quais locais ocorreram concentrações maiores de público, se as rotas de saída estavam funcionando bem, se na parte da praia havia algum tipo de conduta ilícita, entre outros acompanhamentos.

“Estamos usando as aeronaves não tripuladas com regulamentação e treinamento prévio. Elas somam esforços com os nossos helicópteros e aviões permitindo avaliações do terreno. Será um grande diferencial no patrulhamento ostensivo”, exaltou o comandante do Graer, tenente-coronel Renato Lima.

Com as informações da PMBA

e do Piloto Policial

0

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*