Policiais militares sergipanos resgatam, em Japaratuba-SE, bebê sequestrado no município de Colônia de Leopoldina-AL

 

No portal da Polícia Militar do Estado de Sergipe (PMSE), há uma postagem informando que os profissionais sergipanos de polícia ostensiva e preservação da ordem pública resgatam, no município de Japaratuba-SE, um bebê, “de nome Mara Eduarda” sequestrado em Colônia de Leopoldina-AL.

As ações foram conduzidas, na “na madrugada desse domingo (7)” pelos “policiais militares do 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM) lotados no município de Japaratuba. Haviam informações de que a criança “foi sequestrada no estado de Alagoas, na semana passada […] na última sexta-feira, 5, quando o bebê com 20 dias” foi levado “por uma mulher, conhecida como ‘Buguinha de Japaratuba’, na cidade de Colônia de Leopoldina”.

Leia mais informações publicadas no post, do portal da PMSE, e transcrito a seguir:

O Conselho Tutelar e as polícias Civil e Militar de Alagoas entraram em contato com o Conselho Tutelar de Japaratuba, o qual solicitou a ajuda da Polícia Militar sergipana, que passou a monitorar a situação e colher informações sobre o fato. Os policiais iniciaram uma investigação e, com ajuda de alguns informantes, chegaram ao endereço do cativeiro na madrugada. A criança foi localizada em uma residência de Japaratuba, porém, a mulher suspeita conseguiu fugir antes da chegada dos PM’s no local.

A bebê foi levada rapidamente para o hospital para ser medicada, pois se encontrava muito debilitada. Segundo o médico que prestou o primeiro atendimento, se a criança não fosse resgatada naquele momento, ela poderia morrer, pois estava com fome, sede e apresentava algumas assaduras.
/Na ocorrência, os policiais apreenderam um simulacro de pistola, encontrado no quintal da residência, no momento em que a mulher pulou o muro e deixou cair no chão. O caso foi encaminhado para a delegacia local e a criança foi entregue aos pais na tarde desse domingo.

 

Com as informações da PMSE

0

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*