Forças de segurança pública goianas se mobilizaram numa atuação integrada de proteção e prenderam foragidos da justiça e um traficante internacional

 

Uma mobilização da forças de segurança pública goianas desenvolveram nesse domingo (29) uma operação integrada de proteção na “Feira da Marreta”, conhecida como um local de comércio ilegal de armas, produtos e veículos roubados.

Durante as ações dos profissionais, várias pessoas foram conduzidas para a delegacia por posse de produtos sem origem comprovada, os produtos foram apreendidos e foram presos três homens foragidos da Justiça goiana além de um traficante internacional de drogas.

Leia mais informações do post publicado, no portal da Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO), e transcrito abaixo:

Unidades Especializadas do Comando do Policiamento da Capital, Comando de Missões Especiais, Comando da Academia de Polícia, além de policiais militares do 9º BPM/CPC, juntamente com equipes da 1ª Delegacia Regional da Polícia Civil, DENARC, DECON, DERFRVA e DECAR, Guardas Civis Metropolitanos e Agentes da Vigilância Sanitária da Prefeitura de Goiânia realizaram neste domingo, 29, uma mega operação policial na conhecida “Feira da Marreta” localizada no Setor Nova Vila.
Essa feira por muitos anos foi estigmatizada por muitos como um local onde eram comercializadas armas, produtos e até mesmo veículos roubados. Durante essa operação policial, 30 (trinta) pessoas foram conduzidas à delegacia de polícia sendo apreendidos 146 (cento e quarenta e seis) celulares, 01 (um) IPAD, 03 (três) notebooks, 01(uma) máquina de cartão, além de diversos aparelhos eletrônicos que também não possuíam procedência legal.
Três foragidos da Justiça foram recapturados entre eles um traficante internacional de armas. Durante as diligências policiais, foram encontradas na casa desse criminoso 08 (oito) armas de fogos além de várias munições de calibres diversos. Ao todo, 32 (trinta e dois) veículos com irregularidades foram apreendidos.
Os comerciantes dessa feira, que em sua maioria esmagadora são pessoas honestas e trabalhadoras apoiaram a ação dos órgãos governamentais que, devido a esse tipo de operações, valorizava e dá maior credibilidade às centenas de feirantes que trabalham nessa feira.
PMGO: Você pode confiar!

 

Fonte: PMGO.

0

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*