Policial militar baiana “vence o câncer e conta história de superação”

 

No portal da Polícia Militar do Estado da Bahia, há um post informando que uma policial militar baiana “vence o câncer e conta história de superação”.

Leia mais informações publicadas naquele post que é transcrito em seguida:

A jornada de trabalho de uma mulher já não é nada fácil. Além da ocupação profissional a mulher ainda consegue se dividir entre as tarefas do lar, da família, e conviver com as alterações hormonais. Mas a policial militar Gilcilene Jesus, casada, mãe de dois filhos, viu tudo isso se tornar pequeno quando precisou iniciar uma batalha contra o câncer.
Há 18 anos servindo a Instituição, a policial foi diagnosticada em dezembro do ano passado com câncer no cérebro. Gilcilene ficou surpresa quando descobriu a doença conhecida por Gliobastoma grau IV, já que os sintomas eram de dores de cabeça, que no início não incomodava tanto.
“Não me abati, tive a reação que precisava tratar, e que precisava da ajuda de meu esposo e da minha família. Fui seguindo adiante. Mas, no caminhar da radioterapia, que foram 34 sessões e da quimioterapia, uma vez só, tive uma recaída que atingiram minhas emoções, talvez o medo, porque a mulher passa por situações hormonais. Cheguei a ter uma sensação de morte. Mas graças a Deus foi gerado no meu coração uma semente de fé de que vou viver muito, tenho muita coisa para viver”, relatou a guerreira.
Segundo dados da Junta Médica de Saúde (JMS) da Polícia Militar da Bahia, De 2010 a 2014 foram registrados 45 casos de câncer no quadro do efetivo feminino, sendo que destes 14 foram câncer de mama. Os demais estão relacionados a câncer de pele, olhos, órgãos genitais e digestivos.
A PMBA deu início ao Programa de Controle Médico para Policiais Militares, com isso estará atualizando os dados e gerando ações de prevenção, manutenção de bem-estar físico, mental e social da tropa.

 

Fonte: PMBA.

0

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*