Unidades operacionais da Polícia Militar do Espírito Santo divulgam resultados dos esforços realizados pelos respectivos servidores

A “Força Tática do 1º Batalhão”  e a “Companhia de Operações com Cães” da Polícia Militar do Estado do Espírito Santo (PMES) demonstraram os resultados dos esforços realizados pelos respectivos profissionais de polícia ostensiva e preservação da ordem pública, segundo notícias divulgadas no portal da Instituição Militar Estadual.

Chamam a atenção dois pontos significativos. O primeiro é o de que “Os policiais possuem treinamento específico, realizando diversos tipos de ações, tais como o combate ao tráfico de entorpecentes, ocupações, defesa de pontos sensíveis e operações de controle de distúrbios civis”, no caso da “Força Tática do 1º Batalhão”, e, o segundo, para a “Companhia de Operações com Cães”, é o de que “Esse resultado reflete a especialização do trabalho policial militar no âmbito do Estado do Espírito Santo”.

Leia mais informações, nas notícias transcritas em seguida:

Força Tática do 1º Batalhão

Nesta quinta-feira (06), a Força Tática do 1º Batalhão disponibilizou o balanço de apreensões do 1º semestre de 2017. Ao todo, a Companhia apreendeu 12 armas de fogo, um simulacro, 69 munições de diversos calibres, 3582 unidades de entorpecentes, e recuperou 15 veículos roubados.

O comandante da Força Tática, capitão Vitor Nunes Lima, informou a que Companhia atua de maneira preventiva e repressiva, com um policiamento de caráter mais enérgico e especializado. “Os policiais possuem treinamento específico, realizando diversos tipos de ações, tais como o combate ao tráfico de entorpecentes, ocupações, defesa de pontos sensíveis e operações de controle de distúrbios civis”, explicou.

De acordo com o comandante do 1º Batalhão, tenente-coronel José Augusto Píccoli de Almeida, os resultados da Força Tática demostram o profissionalismo, comprometimento e dedicação do efetivo. “Essa Companhia veio para unir forças aos demais processos de policiamento do Batalhão, que também desempenham um papel de grande qualidade, e consequentemente alcançam excelentes resultados”, salientou o oficial.

Companhia de Operações com Cães

A Companhia Especializada de Operações com Cães (Ceoc) apresentou nesta o balanço das apreensões no primeiro semestre do ano de 2017, nesta quarta-feira (05).

As equipes da Ceoc apreenderam aproximadamente 110 kg de maconha prensada, 4.815 unidades de maconha, 1.218 unidades de cocaína e 1.085 unidades de crack.

Durante os apoios as outras unidades da PMES, os cães da Ceoc localizaram ainda 2,64 kg de haxixe, 11 munições e um carregador de calibre .45, 60 munições calibre 380, nove munições calibre .40, um revólver calibre .38 e uma pistola calibre 380.

O comandante da Ceoc, capitão Reis, ressaltou que todo o material encontrado é resultado do trabalho de localização executado pelos cães por conta de suas características fisiológicas. “Esse resultado reflete a especialização do trabalho policial militar no âmbito do Estado do Espírito Santo”, pontuou o oficial.

Fonte: PMES 1 e 2.

0

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*