Policiais militares paulistas frustam ação criminosa de sequestradores de uma criança

Todo o cuidado o cuidado ainda é pouco!

Eis um alerta, aos pais ou responsáveis, quando forem buscar suas crianças nas escolas.

Na notícia publicada no Facebook da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMESP), haveria um prenúncio de uma situação indesejável, frustrada pelas ações bem-sucedidas dos profissionais de polícia ostensiva e preservação da ordem pública da Instituição Militar Estadual.

Felizmente, no desfecho da ocorrência policial militar, conforme relatado, nada aconteceu com a criança e os agentes criminosos foram conduzidos à Delegacia de Polícia Judiciária.

Leia mais informações sobre o fato, na notícia transcrita a seguir:

CRIMINOSOS FAZEM CRIANÇA DE REFÉM E TENTAM FUGA, FRUSTRADA POR POLICIAIS DA RONDA ESCOLAR
Ontem (05), policiais da Ronda Escolar do 43º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano estavam em patrulhamento pela Avenida Leôncio de Magalhães, Jardim São Paulo, quando se depararam com um veículo que acabara de ser roubado. Uma criança, que era o neto do proprietário do veículo, foi levada pelos bandidos, dentro veículo como refém.
Os criminosos tentaram fugir com o veículo e com a criança, mas perderam o controle da direção e colidiram contra um muro pela rua David Alan, momento em que os policiais rapidamente realizaram a prisão e salvaram a criança ilesa. Conforme informações do adolescente infrator, eles iam levar a criança como refém para um dos barracos, em um terreno invadido na região da Avenida Nova Paulista, que seria usado como cativeiro do sequestro. Eles exigiriam da família a quantia de R$ 3.000,00 como condição para resgate.
Os dois criminosos (um adulto e um adolescente) foram conduzidos pela Polícia Militar ao 73° Distrito Policial, por onde permaneceram à disposição da Justiça para responderem por este crime. A criança passa bem e já está com sua família que também teve seu veículo restituído, graças à atuação dos policiais da Ronda Escolar.

Fonte: PMESP.

0

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*