Em Pium (TO) policiais militares autuam dois cidadãos por práticas predatórias contra o meio ambiente

Numa ação integrada de proteção, os profissionais de polícia ostensiva e preservação da ordem pública, da Polícia Militar do Estado de Tocantins (PMTO) e os profissionais do “Naturatins” desenvolveram a “‘Operação Cantão’, na margem direita do Rio Araguaia”, em Pium-TO.

Na notícia publicada no portal da PMTO, verifica-se que os policiais militares que desenvolvem as atividades de polícia ostensiva ambiental, “encontraram os dois suspeitos realizando a prática predatória com os referidos animais da fauna silvestre”, nas proximidades do Parque Estadual do Cantão, comprovando-se ainda a posse de “369 quelônios (filhotes de tartaruga)”.

Leia mais informações, na notícia transcrita em seguida:

Filhotes de tartaruga são soltos no Parque Estadual do Cantão.
Na tarde desta sexta-feira, 23, o Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) em conjunto com o Naturatins localizou em posse de dois suspeitos, cerca de 369 quelônios (filhotes de tartaruga) nas proximidades do Parque Estadual do Cantão.

Durante patrulhamento aquático, as equipes em serviço na “Operação Cantão”, na margem direita do Rio Araguaia, município de Pium, encontraram os dois suspeitos realizando a prática predatória com os referidos animais da fauna silvestre.

Diante dos fatos foram lavrados dois autos de infração nos valores de R$ 925.000,00 e R$ 920.000,00 reais, bem como termos de apreensão e soltura, sendo este o maior número de quelônios registrado no Tocantins.

Os animais foram devolvidos à natureza no Parque Estadual do Cantão e os suspeitos posteriormente serão indiciados por crime ambiental pelo órgão competente.

0

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*