Em “Governador Valadares – Tráfico de drogas é identificado com apoio do Olho Vivo”!

Os profissionais de polícia ostensiva e preservação da ordem pública que atuam em Governador Valadares, desempenharam suas atividades, em consequência da inovação dos serviços de vigilância preventiva, com o apoio da da Tecnologia.

Os resultados bem-sucedidos das ações foram noticiados pelo Comando da Polícia Militar de Minas Gerais, conforme se vê a seguir:

Na manhã de domingo (12), avistado pelo serviço de monitoramento Olho Vivo, um veículo em atitude suspeita, que transitava pela rua Tancredo Neves, bairro Querosene, fora abordado por policiais militares no cruzamento da avenida Minas Gerais com rua Arthur Foratini. Durante a abordagem, o condutor e único ocupante do veículo, um homem de 34 anos, demonstrou bastante nervosismo, confirmando a suspeição. Durante as buscas no interior do veículo, foram encontrados, no banco traseiro, uma bolsa preta contendo nove tabletes embalados em material plástico e um tablete menor, sem embalagem, de substância semelhante à maconha. Questionado sobre a origem da substância, o autor alegou que pegou a bolsa com um homem que o esperava na Av. Tancredo Neves. Diante dos fatos, o autor recebera voz de prisão e fora encaminhado à Delegacia Regional, juntamente com os materiais apreendidos, enquanto o veículo fora removido ao pátio credenciado.

TRÁFICO – Na noite do último sábado (11), após tomarem conhecimento de que estaria ocorrendo um tráfico de drogas em um baile funk que era realizado nas Chácaras das Braúnas, policiais militares da 208º Cia/6º BPM, com apoio de militares da 8ª Cia PE, realizaram um cerco no evento e, durante a abordagem, o autor de 19 anos, tentou evadir, mas fora capturado e com ele encontrado alguns pinos de substância semelhante à cocaína e R$185,00 (cento e oitenta e cinco reais) em dinheiro. Ainda durante a abordagem ao evento, a autora de 21 anos, também tentou evadir. Durante a abordagem, fora encontrada buchas de substância semelhante à maconha na bolsa em que ela portava, bem como em um dos bolsos do short. Buscas pessoais também foram efetuadas nos demais suspeitos, porém nada de ilícito foi encontrado. Os autores surpreendidos com substâncias ilícitas receberam voz de prisão e foram encaminhados à Delegacia Regional para demais providências.

Fonte: PMMG.
Foto (crédito): O Tempo – Cidades.

0

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*