Policiais militares paraenses realizam “Curso Básico de Inteligência para Oficiais”

 

No portal da Polícia Militar do Estado do Pará (PMPA), há um post informando a realização do “Curso Básico de Inteligência para Oficiais”.

Trata-se de um curso”promovido pela 2ª Seção do Estado Maior Geral da PM e executado pelo Centro de Inteligência, setores que, em setembro deste ano, elaboraram o Curso Básico de Inteligência para Praças.”

A “aula inaugural” foi ministrada pelo “Oficial de Inteligência – Classe Especial – da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), Antônio Claudio Fernandes Farias,” destacando o tema: “A Inteligência como ferramenta de gestão para o processo decisório”. Destacou, também, “dentre outras coisas, que a estatística é fundamental para as forças policiais, cujo grande desafio é identificar ‘de que forma a inteligência pode ser um processo de gestão para melhorar o processo decisório’”.

Entre as disciplinas “ministradas no curso estão Fundamentos da Atividade de Inteligência, Ações especializadas de coleta em ambiente web, Estatística aplicada a segurança, Contrainteligência e Técnicas operacionais, totalizando uma carga horária de 50 horas/aula sob a coordenação do Tenente Coronel Edivan de Moraes.”

Presente no evento, o “Coronel Simão Salim Junior, Chefe do Centro de Inteligência da Polícia Militar” discorreu sobre os objetivos do curso e enfatizou que: “Dentro da importância da atividade de inteligência, voltada para a atividade operacional, há necessidade de o comandante ter a informação do mais longínquo rincão do estado do Pará para que ele possa adotar as providências necessárias no sentido de atender a população, que é o nosso maior cliente”.

A previsão para o “encerramento do Curso Básico de Inteligência para Oficiais”, será às “17 horas da próxima sexta-feira”(20).

 

0

Policiais militares amapaenses apreendem drogas, armas de fogo e prendem provável traficante em Santana-AP

 

Uma postagem publicada, no portal da Polícia Militar do Estado do Amapá (PMAP), informa ações dos profissionais amapaenses de polícia ostensiva e preservação da ordem pública, no contexto do sistema de segurança pública.

Leia mais informações, no post publicado e transcrito em seguida:

Por volta das 21h20min desta segunda- feira, as equipes do BRPM com apoio de equipas da CERPM obtiveram informações de um indivíduo foragido da justiça que estaria em uma casa no bairro Paraíso, município de Santana.

As equipes tinham informações de que neste local estariam dois indivíduos comercializando entorpecentes e utilizando armas de fogo. Ao realizarem incursão em área de ponte, um dos infratores percebeu a aproximação dos policiais e fugiu para uma região de mata, na sequência as equipes constataram que o indivíduo que empreendeu fuga era foragido da justiça e, somente o segundo infrator foi capturado. Durante busca domiciliar foram encontradas duas armas de fogo, grande quantidade de substância supostamente entorpecente, materiais de embalagem, anotações e dinheiro relativos à comercialização dessas substâncias, além de outros materiais de procedência duvidosa.

Após apreensão as equipes realizaram apresentação do infrator e dos materiais apreendidos na 1° delegacia de polícia civil de Santana.

Fonte: PMAP.

0

Comandante-Geral da Polícia Militar da Bahia recebe Medalha Coronel Fontoura

 

Uma postagem no portal da Polícia Militar do Estado do Pará (PMPA) informa que o Coronel Anselmo Brandão, comandante-geral da Polícia Militar do Estado da Bahia, foi agraciado, na última sexta-feira (6), com a Medalha Coronel Fontoura, “concedida a personalidades civis e militares que tenham prestado notáveis serviços a PMPA, de forma a contribuir para seu desenvolvimento e prestígio, no âmbito nacional e estadual.”

No post, há, também, o agradecimento do Coronel Anselmo Brandão, com a seguinte declaração:

“Recebi com muita satisfação e essa medalha tem um valor simbólico muito forte. Primeiro pelos laços que nós temos com a Polícia Militar do Pará, que começou com a formação dos oficiais que tiveram a oportunidade de serem formados pelo banco escolar do nosso estado. Hoje recebo essa comenda e a levo comigo para a Bahia e para todos os 32 mil policiais. Minha vinda aqui é para coroar e alimentar essa união”.

 

Fonte: PMPA.

0

Policiais militares tocantinenses realizam a Operação “Nossa Senhora Aparecida”, intensificando as atividades de polícia ostensiva rodoviária

 

Uma postagem do Portal da Polícia Militar do Estado de Tocantins (PMTO) informa que os Policiais militares tocantinenses realizam a Operação “Nossa Senhora Aparecida”, intensificando as atividades de polícia ostensiva rodoviária.

Na operação policial militar, “durante o feriado de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, os policiais militares “do Batalhão de Polícia Militar Rodoviário e de Divisas (BPMRED)” atuarão com o “objetivo de reforçar a segurança e fiscalizar a malha rodoviária estadual”. A Unidade de Execução Operacional empregará “todo o seu efetivo administrativo e operacional para as ações, que iniciam nesta quarta, 11, e seguem até o próximo domingo, 15.”

No post publicado, no portal da PMTO, há, também, informações, relatando que:

O reforço do policiamento nos postos rodoviários estaduais, com ações de orientação e fiscalização, visando coibir a prática de crimes e infrações de trânsito, será efetivado também em pontos estratégicos com bloqueios (blitzen) e abordagens. Serão utilizados etilômetro, abordagens a motocicletas; a veículos de passeio e utilitário e a veículos de transporte de passageiros interestadual.

Para o comandante geral da PMTO, coronel Glauber de Oliveira Santos, a Operação Nossa Senhora Aparecida intensificará a presença da Polícia Militar nas rodovias estaduais. “A operação vai transmitir à população um aumento de segurança visando diminuir a quantidade de crimes e acidentes nas vias estaduais.”

Fonte: PMTO.

0

Políciais militares amazonenses e representantes da Comunidade Rural de​ Bom Socorro do Zé Açu participaram da inauguração de um posto policial militar

 

Um post publicado no portal da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) informa sobre a inauguração, na tarde da última terça-feira​ ​(3),​​ de mais um novo Posto de Policiamento Ostensivo do 11º Batalhão​ de Polícia Militar de Parintins, resultante da “parceria com a Associação de Moradores d​a Comunidade Rural de​ Bom Socorro do Zé Açu”. Foi destacada, também, a instalação de “um​ ​​telefone ​​rural para contato​ direto​ ​entre os habitantes locais e comunidades pró​ximas com Centro Integrado de Operações do 11º Batalhão​.”​

Leia mais informações do post publicado, no portal da PMAM, e transcrito a seguir:

O evento contou com a presença do Comandante do 11º Batalhão de Polícia Militar​, ​ Major​ PM​ Morillas, do Agente da Capitania Fluvial de Parintins​, ​ Capitão Marcelo Barrios, do Delegado do Serviço Militar da 23ª Região​, ​ Tenente EB Nilton Puentes, do Comandante da 3ª CIBM​, ​ Tenente Amorim, além do Presidente da Associação de Moradores do Zé Açu, Charles Mascarenhas, entre outras lideranças locais.

Para o presidente da Associação de Moradores do Bom Socorro, Charles Mascarenhas, a instalação do Posto Policial na Sede do Zé Açu proporcionará à comunidade​, ​ ​ maior ​presença​ de policiais na localidade o que consequentemente​, ​ promoverá mais segurança para inibir possíveis delitos​. Na opinião do Presidente, ​ “​quem passar pela frente da comunidade do Bom Socorro, ​ a​ partir de agora​, ​ verificará a presença mais ostensiva da Polícia Militar em um dos locais mais visitados do Distrito​ que é uma das atrações turísticas mais frequentadas em Parintins​” afirmou​. ​

De acordo com o Comandante do 11º Batalhão, Major Morillas, a implantação do Posto Policial do Zé Açu estabelece​ em definitivo​ a presença dos Policiais Militares do 11º Batalhão nas comunidades​, ​“​a​ implantação do Posto de Policiamento Ostensivo do Bom Socorro do Zé Açu faz parte de uma série de planejamentos que visam mapear e estabelecer a presença da polícia Militar ​nas principais comunidades de Parintins”, declarou o comandante.

A realização desta importante iniciativa e a entrega desta obra à comunidade só foi possível devido à parceria entre o​ atual​ comandante do 11º Batalhão​ e os comunitários do Bom Socorro do Zé Açú, que realizaram ​benfeitorias​ no prédio​ aonde ficou instalado o Posto​.


Fonte: PMAM.

0

199º aniversário da Polícia Militar do Pará foram comemorados em Tucuruí e Monte Alegre

No portal da Polícia Militar do Estado do Pará (PMPA) publicou um post sobre a comemoração 199º aniversário de criação e instalação daquela Instituição Militar Estadual.

A solenidade destacada foi realizada “pelo Comando de Policiamento Regional IV, em Tucuruí […]na noite de quinta-feira, dia 28, nas Escadarias Santo Antônio, no centro da cidade.” Na cerimônia, estiveram presentes várias “autoridades civis e militares, além da população tucuruiense e de familiares de policiais.”

Na ocasião, 93 militares do CPR IV receberam suas luvas e divisas correspondentes aos seus novos postos e graduações. Também foram entregues as medalhas da ordem “Coronel Fontoura” e as medalhas de 10 e 20 anos de serviço. Os policiais militares transferidos para a reserva remunerada foram particularmente agraciados, recebendo como forma de agradecimento plaquetas em sua homenagem.

Leia e saiba mais sobre o evento relatado no post publicado, no portal da PMPR, e transcrito a seguir:

A Solenidade Militar encerrou com o desfile em continência ao Comandante do Policiamento Regional IV, Tenente Coronel Lamego, recebendo os aplausos do público presente.



Monte Alegre

No 18º Batalhão, em Monte Alegre, a solenidade alusiva aos 199 anos de criação da Polícia Militar do Pará foi realizada na manhã de segunda-feira, 25. A cerimônia ocorreu em frente ao prédio do 18º Batalhão e contou com a participação da comunidade monte-alegrense.

O evento marcou a promoção de seis praças do efetivo da unidade. Também foram entregues as Medalhas da Ordem do Mérito Coronel Fontoura, e a Medalha de 20 anos de serviço.

Durante seu discurso, a Tenente Coronel Cíntia Raquel, Comandante do 18º Batalhão, enfatizou importância da missão constitucional abraçada pelos componentes da briosa instituição de Fontoura, reavivando o juramento feito perante a sociedade de defendê-la mesmo com o risco da própria vida. O momento solene foi encerrado com o desfile do efetivo do 18º BPM.

Fonte: PMPR.

0

Policiais militares amapaenses apreenderam drogas e prenderam uma mulher infratora

 

Profissionais amapaenses de polícia ostensiva e preservação da ordem pública apreenderam drogas e prenderam uma mulher infratora.

Os resultados bem-sucedidos de polícia ostensiva foram alcançados, na segunda-feira (11), pelas equipes do 6° Batalhão PM e Canil do BOPE, após adentrarem na “área de ponte na passarela Maranhão, bairro Cidade Nova, onde denúncias apontavam o local que havia uma boca de fumo.”

Leia mais informações e conheça outros detalhes descritos no post publicado, no portal da PMAP, e transcrito em seguida:

As equipes se dividiram em duas frentes para cobrir dois locais apontados e, na oportunidade, foram localizados R$950,00, balança de precisão, grande quantidade de substâncias supostamente maconha e crack além de outros materiais característicos de produção de drogas. O apoio do canil do BOPE foi imprescindível para encontrar as substâncias ilícitas, através do auxílio do cão farejador.
Foi dada voz de prisão a uma moradora que estava em uma das residências, a qual informou que o material era de seu companheiro, o qual está no regime de prisão semiaberto do IAPEN.
Todo o material apreendido e a infratora presa foram apresentado ao CIOSP do Pacoval para devidas providências.

 

Fonte: PMAM.

0

Polícia Militar de Rondônia iniciou último Curso de Formação de Soldados para candidatos sem formação no Ensino Superior

 

Um post com “texto jornalista Nonato Cruz – Lenilson Guedes”, da “Secom – Governo de Rondônia” e “fotos do Soldado PM Simplício”, foi publicado no portal da Polícia Militar do Estado de Rondônia (PMRO), informando que aquela Instituição Militar Estadual iniciou o último Curso de Formação de Soldados para candidatos sem formação no Ensino Superior.

Leia as informações do post publicado, no portal da PMRO, e transcrito a seguir:

Curso de Formação de Soldado (CFSd) da Polícia Militar de Rondônia, aberto oficialmente nesta segunda-feira (03), é o último em que os candidatos não precisam ter formação superior. Na palestra que fez aos 300 alunos, o governador Confúcio Moura anunciou que convidará o presidente da República Michel Temer para ira a Rio Branco (AC), ainda neste mês, para participar de debate com governadores da região sobre a guarda da fronteira amazônica.

A aula inaugural aconteceu nas dependências da Igreja Nova Aliança, no bairro Jardim Ipanema, em Porto Velho. Ex-sargento da PM de Goiás, Confúcio disse que ao assumir o governo em 2011, encontrou promoções represadas e salários que precisavam ser melhorados.

O governador lembrou aos alunos que onde estiver um policial lá estará uma autoridade do estado. “O comportamento do policial será o indicativo de que o governo é justo ou não”, acrescentou.

A carreira policial, agora, é mais atrativa e oferece melhores perspectivas. “Muitos conseguiram se formar em outras áreas. Outros, foram promovidos e são oficiais“, citou como exemplo.

F85A0848Os números dos avanços obtidos pela PM nos últimos sete anos foram anunciados pelo coronel Ênedy Dias, comandante geral da corporação. Ele apresentou números decorrentes das ações promovidas pela pasta e destacou que de janeiro a agosto deste ano foram registradas mais de três mil ocorrências a menos que no mesmo período em 2106.

O secretário de Segurança, Defesa e Cidadania, coronel Lioberto Caetano, falou aos alunos sobre a grandeza de firmar compromisso com a segurança da sociedade e da paz social. Ele também apontou os investimentos feitos na instituição em tecnologia, capacitação e aquisição de equipamentos mudaram as perspectivas dos policiais.

Para Caetano, a segurança pública depende muito do policial militar, uma vez que basta a presença física para garantir a paz em determinadas situações. “Além disto”, acrescentou, “cabe a este profissional o primeiro contato com o cidadão que necessita de segurança”.

As iniciativas da secretaria para garantir a segurança da população também foram citadas pelo secretário. Ele apontou o programa Rondônia Mais Segura, que envolve outros entes sociais e citou especificamente a Escola Manaus, localizada no bairro Mato Grosso, que adotou gestão híbrida, envolvendo professores civis e militares.

“Lá”, disse o secretário, “o índice de violência até no entorno da instituição começou a cair”.

F85A0792

PARCERIAS

Sobre o programa Rondônia Mais Segura, o governador explicou que é o reconhecimento de que os órgãos policiais não podem fazer sozinhos a segurança da população. “Polícia só não resolve. São necessárias parcerias”, arrematou.

F85A0895O governador falou de sua trajetória como policial militar em Goiás. Foi esta carreira, disse, que o fez chegar a ser governador de Rondônia. “Eu sou um produto da Polícia Militar”, concluiu.

O curso de formação de soldados terá 51 disciplinas, 1.608 horas/aula e será concluído no dia 21 de abril de 2018.

De acordo com o diretor de Ensino da Polícia Militar, tenente coronel PM Alexandre, a referida Atividade de Ensino, teve o seu início no dia 18 de setembro de 2017, “com a semana zero”. Sob a Coordenação do Capitão PM Miranda e sua equipe formada por 10 Oficiais e 16 Praças, os cerca de 300 Alunos a Soldado estarão sendo formados em um período de sete meses, onde serão ministradas 51 disciplinas teóricas e práticas, que somadas com os Estágios Supervisionado e de Operações na Selva, totalizarão 1.608 horas aulas de carga horária de Atividade de Ensino.

“O Curso homenageia o Marechal Cândido Rondon, personalidade emblemática na história do Brasil e do Estado de Rondônia, que chefiou a comissão responsável por construir as linhas telegráficas de Cuiabá a Santo Antônio do Madeira, a primeira a alcançar a região amazônica na época.

Posteriormente o percurso das linhas telegráficas foi usado para a construção da BR 364. Neste ano, foi comemorado exatos 110 anos da Comissão Rondon, e em 19 de janeiro de 2018, estará sendo completado exatos 60 anos da morte de Marechal Rondon.

O nome dos Pelotões do Curso: Destemido, Desbravador, Combatente, Pacificador, Pioneiro, Audaz, Lendário, Patriota e Centenário, faz referência a adjetivos dessa personalidade Militar ora homenageada.

O nome das Companhias: Forte Príncipe da Beira, Pacaás Novos e Território Guaporé, fazem menção à história de nosso Estado, bem como aos patrimônios históricos e naturais de nossa região.

Apresentação dos Coordenadores, Comandantes, Chefes e Diretores

5Y8A2136 1Ao término da solenidade da aula inaugural, o Comandante Geral da Polícia Militar, coronel PM Ênedy apresentou aos alunos os Coordenadores, Comandantes, Chefes e Diretores da Polícia Militar.

Coronel PM Ênedy, comandante geral, coronel PM Clairton, subcomandante geral, coronel PM Ranilson, Chefe do Estado Maior, coronel PM Lessa, Coordenador de Recursos Humanos, coronel PM Costa, corregedor geral, coronel PM Torres, coordenador de Planejamento Operacional, coronel PM Fábio, coordenador Administrativo, coronel PM Almeida, coordenador Regional de Policiamento I, coronel PM coordenador Regional de Policiamento III, tenente coronel PM Plinio, coordenador Regional de Policiamento II. Também foram apresentados os comandantes de Batalhões, Companhias, chefes e diretores.

 

Fonte: PMRO.

0

Alunos do Curso de Formação de Soldados, do 20º BPM, recebem a visita do policial militar catarinense mais idoso

 

Um post do Portal da Polícia Militar de Santa Catarina informou que “os alunos do Curso de Formação de Soldados (CFSd) do 20° Batalhão de Polícia Militar de Fronteira (20º BPM/Fron), de Concórdia, receberam na última semana a visita inusitada do policial reformado mais idoso da corporação.”

Trata-se do “cabo João Maria da Silva, de 85 anos,” que esteve naquela unidade para visitar os novos companheiros e naquela oportunidade foi recebido, pelo “comandante da unidade, tenente-coronel Sérgio Rogério Silva de Vargas, e “conversou com os alunos e contou um pouco de suas experiências na polícia.”

Leia mais informações do post publicado, no portal da PMSC, e transcrito em seguida:


Cabo Silva contou aos alunos que entrou na corporação em 1951 e também lembrou como era a rotina policial naquela época. “Era muito diferente de hoje. Não haviam os meios de comunicação usados hoje em dia e o principal meio de locomoção era o cavalo. Além disso, na maioria das vezes trabalhávamos sozinhos”, recorda.

O policial contou ainda que, por várias vezes entrou em confronto com criminosos, e que traz consigo algumas cicatrizes de tiros em seu corpo. Comentou que em uma dessas situações, até os médicos estavam desacreditados de que ele fosse resistir, mas, incrivelmente conseguiu se recuperar.

Por fim, o cabo agradeceu a oportunidade de estar com os alunos e ressaltou a importância de se precaver diante dos imprevistos. “Não abusem da sorte e tenham sempre fé em Deus, em todos os momentos, principalmente nas horas mais difíceis”, aconselhou.

Fonte: PMSC.

0