Aos 104 anos, policial militar pernambucano recebe homenagens

Uma postagem do portal da Polícia Militar do Estado de Pernambuco (PMPE) informa que, a exemplo do que já foi publicado neste Pontopm 1 e 2, os profissionais pernambucanos de polícia ostensiva e preservação da ordem pública mobilizaram-se e aos 104 anos, policial militar pernambucano recebe homenagens.

Aos 104 anos, policial militar pernambucano recebe homenagens

Sargento Andrelino

Reconhecimento dos colegas de farda: aos 104 anos, policial militar pernambucano recebe homenagens

O homenageado é o “o 2º sargento da reserva remunerada, Andrelino Pereira Filho, com “104 anos” e que já prestou serviços “em vários municípios” pernambucanos, inclusive, em Pesqueira-PE, que é o município-sede da 8ª Companhia Independente da PMPE.

A homenagem prestada aconteceu na última sexta-feira (13), quando se destacaram diversos acontecimentos importantes do notável policial militar nascido “no dia 18 de março de 1914, no município de Cabrobó” e “em 1936, ingressou na Polícia Militar de Pernambuco, onde chegou a trabalhar em vários municípios como Gameleira do Moxotó, Águas Belas, Recife, Pesqueira, São José do Egito, Serra Talhada e Arcoverde.”

Na vida profissional prestada à PMPE, nos “30 anos de ótimos serviços prestados, o sargento Andrelino participou de muitas operações, inclusive integrando as chamadas Forças Volantes que combatiam o cangaço no interior do nordeste brasileiro.”

O sargento Andrelino, que se aposentou “desde 1966, o policial recebeu durante a homenagem uma placa alusiva a passagem de seus 104 anos de vida e agradecimento pelos serviços prestados à corporação e a sociedade pernambucana, entregue pelo comandante da 8ª CIPM o major Lúcio Flávio.”

Aos 104 anos, policial militar pernambucano recebe homenagens de outras entidades

Outras homenagens foram, igualmente, prestadas, ao Sargento Andrelino, “pela Câmara Municipal de Pesqueira” que lhe concedeu “o Título de Cidadão Pesqueirense”; “presidente da Associação dos Militares da Reserva Remunerada e pelo chefe de Instrução do Tiro de Guerra de Pesqueira, o 1° sargento Hamilton” que lhe entregaram placas alusivas à ocasião festiva.

Os momentos comemorativos da justa homenagem foram pretigiados pelos “deputado estadual, João Eudes; a prefeita de Pesqueira, Maria José, vereadores, secretários e” familiares do “seu Andrelino”, como é carinhosamente chamado.

Com informações da PMPE

0

20 kg de drogas foram apreendidos pelos policiais militares piauienses

No portal da Polícia Militar do Estado do Piauí (PMPI), uma postagem informa que “20 kg de drogas foram apreendidos pelos policiais militares piauienses”.

Desenvolvidas na manhã do último domingo (15), as ações bem-sucedidas foram conduzidas pelos profissionais paraibanos, de polícia ostensiva e preservação da ordem pública, integrantes da “guarnição da Força Tática do 9° Batalhão, comandada pelo Tenente Tupinambá e composta pelo 3° Sargento Genildo Vieira, Cabo Hanilton, Soldados Gustavo, Jean Carlos e Moura”.

As informações processadas pelo “serviço de Inteligência do 9° Batalhão” e repassadas, com oportunidade, à equipe de policiais militares levou-a a “averiguar uma possível entrega de drogas às 6h da manhã em residência do Bairro Monte Verde.”

No local indicado, “foi confirmada a presença de quantidade considerável de drogas (19 tabletes de maconha) no interior de um veículo Parati, de placa HOR-3814, dirigido por Isaías Cleiton Claro de Sousa, apelido “Lombrado”, de 28 anos.”

Posteriormente, “na residência pertencente a Jó de Jesus Leite, conhecido como ‘Seu Neto’, de 53 anos, foram encontrados mais dois tabletes de maconha e uma balança de precisão.”

A ocorrência policial militar foi encerrada na “Central de Flagrantes”, da Polícia Judiciária paraibana, para onde foram encaminhados os dois presos, “autuados no art.33 da lei 11343/06”, e entregues os materiais apreendidos.

Com informações da PMPI

http://www.pm.pi.gov.br/noticia.php?id=3768

0

Policial militar sergipano qualificado para atuar na Força Nacional de Segurança Pública

Uma postagem da Polícia Militar do Estado de Sergipe (PMSE, informa que o Cabo Vinícius foi o policial militar sergipano qualificado para atuar na Força Nacional de Segurança Pública.

Representando aquela Instituição Militar Estadual, o profissional de polícia ostensiva e preservação da ordem pública, “foi um dos destaques do Estágio de Readaptação 2018, realizado na Academia de Polícia de Brasília”, que atuará naquela organização tático-nacional.

O policial militar ora destacado “pertence ao Comando de Operações Especiais (COE), da PMSE. Participou do treinamento, juntamente com outros policiais militares de “vários estados do Brasil”, e “foi o primeiro colocado”.

O treinamento, foi realizado “entre os dias 14 de março e 3 de abril deste ano, e contou com instruções de Direção Veicular, Tiro de Arma Curta, Tiro de Arma Longa, além de provas teóricas no final.”

Policial militar sergipano qualificado para atuar na Força Nacional de Segurança Pública

Destacou-se, ainda, naquele post, que o treinamento “é imprescindível para que os integrantes das policiais estaduais possam voltar a atuar em missões” específicas da Força Nacional de Segurança pública.

Sobre a “Força Nacional de Segurança Pública“, foi informado também que:

Baseada na Força de Paz da Organização das Nações Unidas (ONU), a Força Nacional de Segurança Pública é um programa de cooperação do governo federal, criado para executar atividades e serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública, à segurança das pessoas e do patrimônio, atuando também em situações de emergência e calamidades públicas.

Trata-se de um corpo de profissionais especializados, mobilizados e prontos a atuar em apoio e sob a coordenação de outros órgãos subordinados aos governos estaduais e federal do Brasil. Seu trabalho consiste em apoiar operações de segurança pública, que podem ser realizadas em qualquer ponto do país.

Policial militar sergipano qualificado para atuar na Força Nacional de Segurança Pública

Com informações da PMSE

0

Posse do novo Comandante-geral da Polícia Militar do Piauí

0

Uma postagem da Polícia Militar do Estado do Piauí (PMPI) informa sobre a solenidade de Posse do novo Comandante-geral da Polícia Militar do Piauí.

No vídeo destacado acima, há flashes da cerimônia policial-militar da posse do novo Comandante-geral da Polícia Militar do Piauí e da passagem de comando, ocorridas “na manhã do dia 02 de abril”, quando o “O Coronel Carlos Augusto passou o Comando Geral para o Coronel Lindomar, que saiu do Subcomando Geral para assumir o posto máximo da PMPI.”

Da solenidade de posse do novo Comandante-geral da Polícia Militar do Piauí e passagem do comando-geral da Instituição Militar Estadual, aquela postagem destacou, ainda, as seguintes informações,transcritas a seguir:

[…]
Dentro do cerimonial do evento, houve a entrega da Espada de Comandante Geral diante da tropa em forma.

Posse do novo Comandante-geral da Polícia Militar do Piauí

Coronel Lindomar

“Nesse dia tão importante na minha vida e na vida da Polícia Militar do Piauí, em que passo a função de Comandante Geral ao Coronel Lindomar Castilho, deixo o Comando dessa Instituição com o sentimento de dever cumprido e com gratidão muito grande a Deus, a todos os Cabos e Soldados, Subtenentes e Sargentos, a todos os Tenentes, Capitães, Majores, Tenente-coronéis e Coronéis, que comandaram a Polícia Militar comigo, dividindo essa responsabilidade nesses três anos e três meses. Quero agradecer ao Sargento Paulo Brito, à Diretoria de Comunicação, que tão bem se coloca aqui na divulgação dos trabalhos da Polícia Militar do Piauí, divulgando o trabalho de todos nós, policiais militares. A vocês, a minha continência e meu agradecimento”, reconheceu o Coronel Carlos Augusto.

O Coronel Lindomar aproveitou a ocasião para parabenizar e agradecer ao Ex-comandante Geral por sua gestão recém-concluída, marcada por conquistas e progressos, além de afirmar que a intenção é dar continuidade ao que estava sendo feito nos últimos anos. “Durante esse tempo todo, eu estive ao lado dele, queremos continuar exercendo este mesmo trabalho, queremos, cada vez mais, que a Polícia Militar se aproxime da comunidade, fortalecendo o policiamento, preparando nossos policiais, conquistando novos espaços, melhorando o policiamento e a segurança no Piauí, no que cabe à Polícia Militar”, completou.

Posse do novo Comandante-geral da Polícia Militar do PiauíPassagem de comando

O evento contou com a presença do Governador do Piauí, Wellington Dias, que afirmou que já conhecia o trabalho do Coronel Carlos Augusto no Gabinete Militar. Ele comemorou os bons resultados do trabalho integrado que tem sido feito no Piauí, envolvendo as Polícias Militar, Civil, Federal e Rodoviária Federal, além do Judiciário, do Ministério Público e da sociedade. “Nós temos um trabalho em três áreas destacadas. A primeira: a redução do nível da violência, eu acho que tivemos vitórias, por exemplo, em relação à redução de homicídios. Eu destaco, ainda, a estruturação e ampliação, com mais Companhias, mais policiais, equipamentos. E eu destaco, ainda, o trabalho social, o trabalho integrado com o Pelotão Mirim, o conjunto de ações feitas com as escolas, isso tem dado bom resultado”, completou o Governador, que também agradeceu ao Ex-comandante Geral. “Eu sou grato ao Coronel Carlos Augusto pela dedicação, pela competência, certamente o Piauí reconhece a importância de seu trabalho”, e ainda confirmou os reajustes salariais na área de Segurança Pública, a fim de manter o poder aquisitivo dos profissionais.
Também estiveram presentes na solenidade os Coronéis Lídio, Rubens e Edivaldo Marques, todos Ex-comandantes Gerais da PMPI, além Oficiais, Praças e alunos do Curso de Formação de Soldados, comandados pelo Tenente-coronel Sá Júnior, Diretor do CEP. Também prestigiaram a o evento Secretários de Estado, Comandantes do Corpo de Bombeiros, do 25° BC e do 2° BEC, dentre outras autoridades e representantes da comunidade. A cerimônia foi acompanhada pela Banda de Música da PMPI.

Com informações da PMPI

0

Câmara Municipal de Natal-RN homenageia Policiais Militares

No portal da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte (PMRN), há uma postagem informando que Câmara Municipal de Natal-RN homenageia Policiais Militares.

Aquela casa legislativa acolheu e aprovou a “propositura do Senhor Vereador Preto Aquino”, indicando “O Capitão PM Antônio Campos de Lima e o Cabo PM Rivanaldo Ferreira de Freitas” para receberam o Título de Cidadão Honorário de Natal-RN.

Cerimônia da Câmara Municipal de Natal-RN homenageia Policiais Militares

Os profissionais norte-rio-grandenses de polícia ostensiva e preservação da ordem pública foram distinguidos, a partir da “propositura do Senhor Vereador Preto Aquino”. Assim,  desde a última segunda-feira (19), aqueles policiais militares tornaram-se “Cidadãos Natalenses”, em consequência dos “relevantes serviços prestados ao município de Natal”, e mais especificamente aos cidadãos e respectivas comunidades da capital do Rio Grande do Norte.

Novos cidadãos natalenses: Câmara Municipal de Natal-RN homenageia Policiais Militares

No evento cerimonioso, realizado “no Plenário Vereador Érico Hackradt, na própria sede do poder legislativo municipal”, compareceram “o Coronel PM Zacarias Figueiredo de Mendonça, Comandante do Policiamento Metropolitano (CPM), e o Capitão PM Styvenson Valentim do 9º BPM” e os novos cidadãos natalenses são “O Capitão PM Antônio Campos de Lima e o Cabo PM Rivanaldo Ferreira de Freitas”.

Informações da postagem dão conta de que os policiais militares têm-se esforçado, no sentido de coparticipar para a valorização da cultura profissional da PMRN no contexto da sociedade natalense.

Destacou-se que “Cap Campos está à disposição da Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL), ele tem se destacado com a criação e manutenção do Museu do Esporte na Academia de Polícia Militar Coronel Milton Freire”. E que “o Cb Rivanaldo, lotado no 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM), é treinador da seleção brasileira de taekwondo, e vem realizando um excelente trabalho com o esporte na reintegração dos alunos da Escola Estadual Professora Maria Ilka de Moura”.

Com informações da PMRN

 

0

PM e Ministério Público Piauienses na Lei Maria da Penha

Um post, publicado no portal da Polícia Militar do Estado do Piauí (PMPI), informa  sobre a participação e o entendimento dos papéis da PM e Ministério Público Piauienses na Lei Maria da Penha.

A participação da PM e Ministério Público Piauienses na Lei Maria da Penha

Na manhã da última sext-feira (23), no evento realizado, compareceram os policiais militares e membros do Ministério Público do Piauí (MP-PI).

O Comandante Geral da PMPI, Coronel Carlos Augusto e o Promotor de Justiça Francisco de Jesus destacaram a importância das diversas atividades da PM e Ministério Público Piauienses na Lei Maria da Penha e, consequentemente, na proteção pública devida às mulheres vitimizadas por diversas agressões.

Na “ocasião, foram entregues certificados da capacitação ‘Lei Maria da Penha: Sensibilizar para Abordar’, projeto que tem sido aplicado em ciclos de cursos ao efetivo da Polícia Militar do Piauí desde 2016.”

Naquela oportunidade, representando o MP-PI, “o Promotor de Justiça Francisco de Jesus, que atua no enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher, em Teresina, para que a Lei Maria da Penha seja efetivada”, salientou a necessidade da união de esforços dos órgãos públicos para prevenir e “enfrentar todos os tipos de violência, desde a mais simples agressão ao feminicídio.”

Papéis da PM e Ministério Público Piauienses na Lei Maria da Penha.

No encerramento das atividades em que discutiram os papéis da PM e Ministério Público Piauienses na Lei Maria da Penha, o Promotor de Justiça, Francisco de Jesus, assim manifestou:

Essa parceria com a Polícia Militar, que foi feita por intermédio do Coronel Carlos Augusto, vem nos proporcionando agirmos harmonicamente, onde, hoje, temos um protocolo único de atendimento a essa mulher que vive em situação de violência. Nós iremos dar efetividade às Medidas Protetivas. As Medidas Protetivas proferidas pelos juízes serão acompanhadas, deixarão de ser apenas um papel. a Polícia Militar, além do trabalho repressivo, vai fazer também um trabalho preventivo, ou seja, levar informação a essa vítima, dizer onde se situa a rede de atendimento. Para efetivarmos a lei, é necessário uma construção coletiva: sociedade, autoridades e órgãos se unirem no enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher

Veja mais fotos clicando aqui

Com informações da PMPI

0

39 kg de drogas, armas de fogo e outros materiais foram apreendidos, com um homem que foi preso, pelos policiais militares alagoanos, em Rio Largo e Maceió

No portal da Polícia Militar de Alagoas (PMAL), uma postagem informa que profissionais alagoanos, de polícia ostensiva e preservação da ordem pública, prenderam um homem que tinha a posse de “35 quilos de maconha, 3.650 kg de cocaína e 450 gramas de crack, encontraram duas armas de fogo, uma pistola calibre 380 e um revólver calibre 38 e três carregadores”, além de “R$ 77.000,00 em cheques, R$ 8.460.00 em dinheiro, duas balanças de precisão.”

Iniciadas posteriormente aos “levantamentos dos serviços de inteligência do EMG, CPC e do BPTran”, as ações bem-sucedidas de polícia ostensiva, realizadas na última “terça-feira (13)”, foram conduzidas pelos policiais militares das “equipes 01 e 02 da Força Tática do Batalhão de Polícia de Trânsito”, da PMAL, com desdobramentos nos municípios de “Rio Largo e Maceió”, daquele Estado.

O suspeito preso, “Anderson Rafael Moreira de Lima Silva”, com “31 anos”, “foi abordado em um veículo no bairro Cidade Universitária, em Maceió, e com ele estava parte do material ilícito. Após algumas indagações, ele afirmou possuir mais outra quantidade de droga numa residência de Rio Largo”.

Diligências subsequentes foram realizadas, constatando-se que o suspeito preso tinha a posse do material descrito acima.

Foi constatado, também, que o homem preso tinha passagens pela “Justiça por tráfico e roubo”.

A ocorrência policial militar foi encerrada na “Central de Flagrantes” da Polícia Judiciária, para onde foi conduzido o homem suspeito e entre o material apreendido.

Com informações da PMAL

0

Policiais militares maranhenses concluíram o Curso de Especialização em Gestão de Segurança Pública

Um post publicado no portal da Polícia Militar do Estado do Maranhão (PMMA) informa que “25 Capitães da PM concluíram o IV Curso de Especialização em Gestão de Segurança Pública – CEGESP.”

Realizada na manhã da última “segunda-feira (12)”, a cerimônia de conclusão do “IV Curso de Especialização em Gestão de Segurança Pública – CEGESP […] aconteceu no Auditório Central da Universidade Federal do Maranhão – UFMA.”

Ao evento solene, considerado “mais um avanço na área de ensino da corporação”, uma vez “que retomou a parceria com a UFMA para aplicação do Curso, compareceram:

[…]
a reitora da UFMA, Nair Portela, o secretário de segurança Pública do Estado, delegado Jefferson Portela, o comandante geral da PMMA, coronel Frederico Pereira, o subcomandante geral da Corporação, coronel Jorge Luongo, o Sub Chefe do Estado Maior, coronel Antonio Roberto, o diretor de Ensino, coronel Laércio Ozório, o comandante da Academia de Polícia Militar “Gonçalves Dias” – APMGD, coronel Raimundo Sá, além de professores da Universidade, convidados, oficiais e praças da PM.

Leia mais informações publicadas no post, do portal da PMMA, transcrito em seguida:

[…]
Durante a solenidade os três primeiros colocados; capitães Rômulo, Gomes e Kardec foram homenageados. O capitão Rômulo Reis Júnior recebeu a Medalha de Mérito Intelectual “Goncalves Dias”, por ter galgado o primeiro lugar do curso.

Segundo o coronel Raimundo Sá, comandante da APMGD, o curso confere o título de especialização lato sensu em Gestão de Segurança Pública aos capitães e os habilita a ascenderem ao posto de major. O oficial informou também que o objetivo da especialização é fortalecer o processo de ensino-aprendizagem na área da segurança pública e aprimorar a qualidade do serviço oferecido pela polícia militar à população maranhense.

Para o coronel Pereira o curso além de ser essencial na carreira do policial militar representa avanços e quebra de paradigmas. “Para a Corporação foi um grande avanço reativar a parceria com a UFMA, há mais de dez anos não realizávamos este curso na nossa Instituição e graças à parceria com a universidade, na nossa gestão já realizamos dois CEGESP”, disse Pereira. O comandante exaltou a capacidade dos professores e instrutores, finalizou parabenizando os formandos por galgarem mais um passo em suas longas carreiras profissionais.

“Os senhores são formados para comandar, sejam bons comandantes e gestores, não receiam, isso é fundamental, pois o povo que é detentor do poder absoluto precisa de vocês”, palavras do secretário Jefferson Portela, aos 25 capitães que se especializaram em segurança pública. O secretário destacou também o nível intelectual da turma e parceria com a Universidade Federal.

Para Nair Portela o trabalho em conjunto da Universidade com a Corporação Militar é salutar e a gestora parabenizou as instituições pela parceria. universidade é pautada em atender os interesses da comunidade. A aproximação e troca de conhecimentos com uma instituição secular, como a PMMA, engradecesse o conhecimento acadêmico. Dessa forma estamos celebrando futuras parcerias e consequentemente melhorando a educação e a proteção da sociedade”, disse a reitora.



Sobre o Curso

O CEGESP é composto por 700 horas/aulas, teve a duração de aproximadamente de 5 meses em regime integral com aulas em 21 disciplinas, nos períodos da manhã e tarde na APMGD. Um dos requisitos para a aprovação no curso é a apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), que os alunos realizaram com sucesso na última semana.

O curso confere o título de especialização lato sensu em Gestão de Segurança Pública aos capitães e os habilita a ascenderem ao posto de major. As aulas foram ministradas por professores doutores, mestres e especialistas da UFMA, UEMA e APMGD.

 

Com informações da PMMA

0

Policiais militares paraibanos prenderam quadrilha especializada em assalto a bancos e apreenderam armas de fogo, munições, coletes balísticos e material explosivo

No portal da Polícia Militar do Estado da Paraíba (PMPB), uma postagem informa que profissionais paraibanos de polícia ostensiva e preservação da ordem pública enfrentaram e prenderam uma “quadrilha agia na Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte, sendo composta por integrantes dos três Estados” e “que tinha como base a cidade de Campina Grande”.

Foi registrado que, na última “quinta-feira (8)”, durante as ações operacionais, houve “confronto com policiais militares do Grupamento Especializado de Operações em Área de Caatinga (GEOsAC), na zona rural de Campina Grande”, contra o grupo criminosos, que se deslocava em dois carros, após ter “explodido a agência dos Correios do município de Boa Vista, durante a madrugada.”

Leia mais informações publicadas no post, no portal da PMPB, transcrito a seguir:

[…]
Com eles, foram apreendidas nove armas de fogo (1 fuzil, 1 espingarda, 5 pistolas e 2 revólveres), seis coletes balísticos, munições de vários calibres, material explosivo, roupas camufladas, luvas, toucas e os dois carros usados na ação da madrugada.

No confronto, quatro suspeitos saíram feridos e foram socorridos para o Hospital de Trauma de Campina Grande: o paraibano José Adriano Silva Sabino, de 38 anos; os pernambucanos José Maria Florêncio da Anunciaçâo, 43, e Cícero Bruno da Silva, 37 anos; e o norteriograndense Francisco Charlisson Alves da Silva, de 29 anos, que é foragido do presídio de Alcaçuz – RN, tinha mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas e chegou a passar um nome falso quando chegou no Trauma de Campina Grande.

Os outros seis presos são Stênio Silva de Castro (PE), de 36 anos; Felipe Beny da Silva de Souto (PB), 23 anos; Josenildo Augusto da Silva (RN), 48; Enderson Sousa Gomes (CG), 22 anos; Wamberkson Costa Macedo (PB), 29 anos; e Adriano Pereira da Silva (PE), de 37 anos.

O comandante do Grupamento Especializado de Operações em Área de Caatinga (GEOsAC), Wherick Felício, que coordenou a ação, disse que esse é mais uma resposta da Polícia Militar da Paraíba contra as quadrilhas que atuam neste tipo de crime. “Se vier de outro Estado, a resposta é essa. A prisão dessa quadrilha reforça o poder de resposta de nossa corporação e neste caso específico de hoje, com esses dez presos, desarticulamos uma quadrilha que vinha agindo em pelo menos três Estados do Nordeste”, disse.

Seis presos já foram apresentados no Departamento de Polícia Federal (DPF), em Campina Grande. Os outros quatro que saíram feridos estão sob custódia policial no Hospital de Emergência e Trauma.

Com informações da PMPB

0

10 kg de drogas apreendidas e um homem preso pelos policiais militares norte rio-grandenses, na zona norte de Natal-RN

Profissionais norte rio-grandenses de polícia ostensiva e preservação da ordem pública “apreenderam 10Kg de Maconha na zona Norte de Natal” e prenderam “um indivíduo portando drogas, na Avenida da chegança, Conjunto Nova Natal, zona Norte de Natal”, segundo postagem publicada no portal da Polícia Militar do Rio Grande do Norte (PMRN).

Desenvolvidas na tarde da última terça-feira (6), as ações foram conduzidas pelos policiais militares do 4º Batalhão de Polícia Militar da PMRN.

Leia mais informações publicadas no post, do portal da PMRN, e transcrito a seguir:

[…]
Por volta das 13h, a viatura estava em patrulhamento na avenida citada quando abordou um veículo do Tipo Fox, e encontrou com Edivanilson Câmara de Melo, 500g de Maconha.

No deslocamento até a Delegacia, o suspeito informou que em uma casa no Loteamento Jardim Progresso se encontrava o restante da droga. Chegando no local informado, os militares encontraram aproximadamente 10kg de maconha.

O acusado e o material apreendido foram conduzidos à Delegacia Especializada em Narcóticos – DENARC para realização dos procedimentos legais cabíveis.

Com informações da PMRN

0